terça-feira, 4 de novembro de 2008

"And the world is turning inside out..."

Hey, hey!!!

Desculpa pela falta de att, sabe como é reta final no colégio, provas e tudo o mais. Mas hoje estou de volta, mesmo que com pouco tempo. As surpresas estão quase prontas, está dando trabalho, mas acho que valerá a pena!!!!! *-* Enfim, o assunto de hoje é: planeta Terra.
Hã? Deve ser a cara de vocês, mas é, várias coisas me levaram a este tema hoje. Estava eu na aula de geografia, o último capítulo do livro (chega o fim do ano tudo acaba né? Desde os livros didáticos até a sua paciência!) sobre as regiões polares.
Engraçado que a tarefa era analisar e explicar um gráfico que demonstrava a distribuição de povos nativos, reservas de petróleo e carvão. O mais engraçado era que bem no centro do mapa, onde mostrava a região do Ártico, tinha um grande círculo branco e na legenda dizia: "Bloco glacial permanente". Espera.
Bloco permanente? Onde o aquecimento global+derretimento das calotas polares entra nisso? Talvez eu veja em outras aulas, mas o que mais me chamou a atenção foi a existência (por enquanto) de uma grande massa de gelo que NUNCA irá se derreter. Agora, o que devemos fazer em relação à isso? Uma grande exemplo de que o tempo não pára é que já estamos em Novembro, enquanto outro dia mesmo era meu aniversário! O_O É galera, o tempo não pára e consequentemente nosso planeta também não.
Mas afinal o que podemos fazer em relação à isso? "Oh, vamos chamar o Super Homem!" Gente, sinto lhes dizer, mas dando a responsabilidade para outra pessoa não adianta nada. Sua consciência pode não pesar agora, mas quem sabe daqui a alguns anos o que você pensará? O Greenpeace, o que esses caras fazem? Eles lutam por uma conscientização ecológica, não só da população, mas de políticos e até de mendigos!
Você pode contribuir com essa ONG doando dinheiro e sendo parte dessa família verde. E não é só entrar e falar: "Já faço parte, minha consciência está tranquila." porque não estará, incentive a sua vizinhança ou até mesmo seu prédio a reciclar lixo, faça propostas no lugar onde você trabalha, onde estuda. Cada ajuda, mesmo que seja mínima, vale!
É o nosso planeta que está em jogo, o lugar onde eu, você e mais um monte de gente mora. Não é a questão da fulana ou ciclano, é uma questão na qual todos nós estamos envolvidos. E se não ajudarmos... o tempo corre e os estragos podem ficar cada vez mais difíceis de reverter. Você quer ver nosso planeta se destruir aos poucos? Continue não fazendo nada ou fazendo apenas para você...
O trabalho tem que ser em conjunto, senão de nada adiantará. Como eu disse, é uma questão de conscientização! Então, quanto mais pessoas você puxar consigo, melhor será a nossa batalha, pois haverão mais guerreiros lutando pela mesma causa: salvar o planeta. Pense bem, o que você faz hoje de alguma maneira interfere no amanhã.
Ajude a salvar nosso planeta enquanto há tempo, tenho certeza de que não haverá uma pessoa sequer que não agradeça sua ajuda, pois será em seu benefício e no dela, ou seja, ambos sairão beneficiados.

Por hoje é isso pessoal!
Essa é mais que uma opinião, é um protesto, um apelo pela saúde da nossa casa!
Em breve novidades no blog, aguarde.

Para quem quiser saber mais e fazer parte do Greenpeace, o link: http://www.greenpeace.org/brasil/

xx
V

Nenhum comentário: