terça-feira, 26 de abril de 2011

#Resenha: Gone - Lisa McMann (Book Challenge - Dia 18)

Boa tarde!

Plena terça-feira e um friozinho tão gostoso que dá vontade de nem sair da cama, ficar debaixo das cobertas! Mas cá estou, depois de nove aulas, para postar a última resenha da trilogia Wake. Estou pensando em intercalar uma resenha do Book Challenge com uma de livro que li há pouco tempo, com uma de série e outra de filme. O que acham?
Não sei, estou sentindo como se esse lance de resenhas do Book Challenge esteja sendo maçante e nós não queremos isso, não é?
Bem, vamos terminar logo com isso! Muito obrigada por todas as visitas e os novos seguidores, além dos comentários nos posts! Vocês fazem com que eu me sinta cada dia mais motivada a voltar aqui e postar! Nesse sábado vou postar o que chegou para mim e aproveito e lanço uma promoção!
Agora vamos à resenha.


Gone - Desaparecer
Autora: Lisa McMann
Editora: Novo Século
Número de páginas: 224
Sinopse: "No início Janie acreditava que já sabia o que o futuro lhe reservava e pensou que estava em paz com isto. Mas, o que Janie não suportou, foi ver Cabel afundando com ela. Janie só vê uma maneira de dar a Cabel a vida que ele merece – ela precisa desaparecer. Mas isto pode destruir os dois. Então, um estranho entra em sua vida – e tudo se desfaz. Seu futuro, antes previsto, sofre uma reviravolta trágica e suas escolhas se tornam mais terríveis do que Janie jamais imaginou. Ela só precisa escolher o menor dos dois males. E o tempo está se esgotando…"

Resenhas anteriores:

O terceiro e último livro da série Wake começa com Janie e Cabel finalmente tendo um momento de descanso depois dos acontecimentos aterrorizantes em Fade. Mas, como tudo o que é bom, dura pouco, ainda mais nesse livro, as férias dela são rapidamente interrompidas porque, vejam só, a mãe dela está dando a louca!
Janie e Cabel, então, precisam voltar rapidamente para saber o que está se passando e quando chegam, deparam-se com uma nova descoberta: o pai de Janie está internado no hospital em estado vegetativo. Por coincidência, a única pessoa que ele conhecia era a mãe de Janie, então ela se vê diante desse ser estranho, o qual habitou muitas vezes os sonhos de sua mãe bêbada.
Nossa protagonista, agora, precisa descobrir mais sobre seu pai que também é um apanhador de sonhos. Mas toda vez que ela entra em seu quarto no hospital, uma estática horrível a tortura de forma a fazer parecer que sua cabeça irá explodir. É então que Janie vai até a casa afastada em que o pai estava morando e descobre que ele vivia isolado de todas as pessoas, mantendo apenas uma lojinha virtual e conversando de vez em quando com a moça do caminhão de entregas.
Janie se vê em uma ótima oportunidade de se manter consciente e longe das consequências de ser uma apanhadora de sonhos, mas será que ela está disposta a abdicar de Cabel e sua mãe para se manter viva? Ou é só uma outra maneira de terminar como a da velha apanhadora de sonhos que morreu cega e sem a maioria dos movimentos?
Ela precisa pensar rápido, decidir entre a força do amor de Cabel e a possibilidade de ter uma vida tranquila e isolada. Assim como nos outros livros, Gone não deixa de te proporcionar angústia porque, veja bem, não é uma história de final feliz. Janie está destinada a morrer de um jeito ou de outro. É uma faca de dois gumes.
Cabel sofre por vê-la definhar e não poder fazer nada e a mãe, como desde o começo, não dá a mínima para ela. Quando seu pai mostra que não há volta para o seu estado clínico, Janie percebe que não há melhor escolha a se fazer.
Mas qual delas ela considerará a menos pior? Ficar com Cabel e a mãe e definhar lentamente ou isolar-se de tudo e todos e morrer subitamente?
Lisa manteve a tensão e o amor até a última página e eu não consegui terminar o livro sem chorar por perceber que, apesar da escolha de Janie, a vida dela seria difícil. Mas qual vida não é?

Nota:
(com muito mérito!)

xx

Um comentário:

GihDiamonds disse...

Aii Vêêê... eu estou louca para ler esse livro!!! Ameei a resenha, spo me fez querer ler mais o livro !! ahah

beijinhos lindaa