terça-feira, 27 de setembro de 2011

#Indicação - Filme: Desventuras em Série

Boa tarde!

Olhando pelo histórico de posts sobre filmes, eu não pude acreditar que ainda não havia falado de um dos meus preferidos! Bem, vocês viram no finalzinho do post de ontem a nova parceria do blog? Estou muito feliz com isso e com outra coisinha... tirei 9,0 na prova de Física!!!!!! Eeeeeee! \o/
Hoje foram minhas duas últimas provas e, agora, serão 19 dias de folga! 19 dias lendo tudo o que eu puder para diminuir a minha pilha e ter muuuuito material para postar no blog! Além disso, já está tudo preparado e logo menos vou começar a revisão e padronização do blog! Já estou até com as estrelinhas das notas prontas! \o/ Vai ficar lindo, estou dizendo!
E mais uma novidade (prometo que já estou acabando): o Correio finalmente passou na minha casa!!!!!! Não trouxe tudo o que eu queria, mas pelo menos uma parte né? Espero que venha o resto logo, logo! Ninguém merece um dia mais de paralisação!
Melhor eu parar de falar...

Desventuras em Série (Lemony Snicket's A Series of Unfortunate Events) - 2004

Klaus (Liam Aiken), Violet (Emily Browning) e Sunny (Kara Hoffman e Shelby Hoffman) são três irmãos que repentinamente recebem a notícia de que seus pais morreram em um incêndio. Como são menores de idade eles não podem ainda herdar a fortuna de seus pais, o que apenas ocorrerá quando Violet, a mais velha, completar 18 anos. O trio passa então a morar com o Conde Olaf (Jim Carrey), um parente distante bastante ganancioso, que deseja tomar a fortuna das crianças para si. Para atingir sua meta Olaf não medirá consequências.
Um filme que, desde o começo, o narrador (o próprio Lemony Snicket) faz questão de avisar que não se trata de uma história feliz. Pode até não ser: três irmãos perdem os pais repentinamente em um incêndio suspeito que destruiu toda sua casa. Mas esses recentes órfãos não são quaisquer uns. São Violet, Klaus e Sunny Baudelaire, crianças muito inteligentes, mais espertas do que muitos adultos à sua volta.
Por serem menores de idade, os órfãos são relocados ao parente mais próximo que a justiça determinar e, nesse caso, a primeira vítima da vez é o cruel (e até certo ponto, tosco) conde Olaf. Para mim, ele não é parente porcaria nenhuma das crianças e faz uso da "inocência" delas para tentar tirar uma casquinha. Ao serem colocados para viver com o Conde, Violet, Klaus e Sunny são obrigados a trabalharem como verdadeiros serviçais para atender aos caprichos do estranho ator falido.
Finalmente parece que acende uma luz na cabeça das autoridades e eles são tirados das garras de Olaf, mas quem disse que esse péssimo ator vai desistir? De tutor em tutor, Olaf sempre dá um jeito de aparecer e enganá-los. É tão interessante como Snicket banaliza o mundo adulto, retratando-o como inocente e até mesmo bobo enquanto as crianças são muito mais espertas. Eu diria que Desventuras em Série é aquele tipo de filme que você se estressa e vive falando: "ah não, de novo não!" e eu acho que é assim durante todos os livros da série. Nunca li, mas tenho muita curiosidade e, na minha opinião, o filme não deveria ter parado no primeiro. O final deixa aquelas dúvidas sobre o que aconteceria em seguida, mas de uma coisa eu tenho certeza: muitas outras desventuras ainda viriam para os órfãos Baudelaire.
Lemony consegue manter o suspense e toda essa desgraça girando em torno dos órfãos de modo que eles, espertos como são, acabam traçando o próprio caminho e se defendem como podem. Depois que descobrem qual é o verdadeiro papel de Olaf, muitas dúvidas giram em suas cabeças traquinadas: será que seus pais realmente morreram? O que há por trás do clube da luneta do qual seus parentes faziam parte?
Eu adoro o filme, acho toda a trama, afinal de contas, muito suspeita e com muitos elos a serem desfeitos para que consigamos chegar a alguma conclusão. Consigo assistir ao DVD várias vezes sem me cansar. É uma história que vai revelando detalhes aos poucos, quase como se insinuasse: "bom, já que é tanta desgraça, vamos mostrar algo de bom nisso tudo", o que é raro. O próprio título já te diz exatamente o que esperar: você vai passar raiva, mas vai se divertir e torcer por Violet, Klaus e Sunny. Toda a atmosfera do filme é meio sombria, não estranhe, mas com toda a certeza você vai ficar pelo menos um pouco interessado nessas crianças mais do que inteligentes. Recomendo muito!

Nota:




10 comentários:

dpaulaingrid disse...

Owww sempre gostei desse filme (ainda mais o ator que faz o Klaus) nunca lí o livro mas tbm n tenho vontade de te-lo, pois já ví o final e... acaba que não tem final (se eu contar mais será spoiler xP)

Veezinha disse...

Meu Deus! Eu nem sei o final! xD Mas eu gostaria de ler sim! Também sou apaixonada pelo Liam Aiken. A atriz que interpretou Violet é a protagonista de Sucker Punch, queria tanto assistir esse filme, falaram que é bem zoado!
xx




2011/9/28 Disqus <>

dpaulaingrid disse...

Eu ví o filme "Sucker punch" e concordo com o termo "zoado"... assisti e entendi quase nada, pois é uma mistura de mundo real (que quase não é mostrado no filme) com imaginário (no filme o hospício é um... lugar onde as meninas "atraem" velhos e importantes homens) mais o surreal (que é o lugar que a persona principal cria, eu acho) é bacana pra assistir quando vc tiver mais nada pra fazer #maséminhaopinião ;P

Veezinha disse...

Hahahahaha ok, vou levar sua dica em consideração! Realmente não é um filme que eu fique "Oh, preciso ver imediatamente", meu pai tá até com um pé atrás de comprar o DVD (odeio baixar filmes) exatamente por causa disso, sabe? Ultimamente temos errado nas opções e compramos uns filmes bem chatinhos :~ Mas sei lá, acho que vou me identificar com essa atmosfera surrealista, embora já tenha visto que se trata de um filme bem... "pedreiro" hahahahahaha Bem, vou assistir e depois, se não for muito ruim, posto aqui no blog, que tal?

xx




Em 28 de setembro de 2011 17:09, Disqus <

dpaulaingrid disse...

ok. Mas primeiro vai ler a sua pilha de livros antes que vire montanha rsrs

Veezinha disse...

É, você tem razão hahaha! xD Isso mesmo que vou fazer! ;) Adoro seus comentários!

xx



Em 28 de setembro de 2011 17:20, Disqus <

Letícia Molon disse...

Fiquei curiosa com esse filme, hehe
Desde a primeira vez que ouvi falar dele (faz teeempo) achei que fosse uma comédia, mas ao menos lendo sua 'resenha' ele não aparenta ser. De qualquer forma a capa me deixa intrigada, curiosa, é dificil não querer ver.
Espero um dia desses matar minha curiosidade =P

Ahh, te indiquei em um Selinho =)
http://animusbook.blogspot.com/2011/09/no-correio-7-selinho.html

Beijos querida, nos falamos
Lehh

Veezinha disse...

Oi Lehh!
Definitivamente esse filme não é comédia... na verdade, tem alguns trechos com o Jim Carrey que são engraçados, mas a maior parte do filme você passa raiva porque é uma desgraça atrás da outra. Eu gosto muito, apesar de tudo. Pela inteligência das crianças e suas formas de ver saídas para as desventuras.
Muito obrigada pelo selinho, vou respondê-lo em breve e te mando o link pelo Skoob ok? ;D

Bom final de semana!
xx




2011/9/30 Disqus <>

Natália Alves disse...

Parabéns pela sua nota em física! HAUSHAS'

Eu gosto desse filme também, apesar de que não é um dos meus preferidos. Queria era ler os livros da série, dizem que são bons...

Beijoos;*
Naty - Just Books !

Veezinha disse...

HAHAHA obrigada! Eu não sei se teria paciência para ler tantos livros com uma desgraça após a outra. Sessão "azar". Mas um dia gostaria de ler tudo sim, quando eu não sei! xD

xx




2011/10/1 Disqus <>