quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

#Resenha: Luminoso - Alyson Noël

Riley Bloom #02 - LuminosoAutora: Alyson Noël
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 192
Sinopse: "Após ter completado sua tarefa com o Garoto Radiante, Riley desfruta férias ao lado de Buttercup e Bodhi. Quando um cão infernal atravessa seu caminho, a menina decide ir atrás dele – apesar da relutância de seu professor. Durante a busca, ela encontra uma jovem fantasma chamada Rebecca. Apesar do jeito doce de Rebecca, Riley logo descobre que nem tudo é o que parece. Filha de um fazendeiro, e furiosa por ter sido assassinada durante uma revolta de escravos em 1773, ela mantém a alma dos que morreram presa em suas piores memórias. Será que Riley conseguirá ajudá-la sem se perder nas próprias lembranças dolorosas?"

Esta resenha pode conter spoilers do primeiro livro, Radiante.

Resenhas anteriores:

Acho que já disse aqui que a série Riley Bloom foi uma enorme surpresa para mim! Não só porque Alyson Noël deu um destaque a mais para a irmã menor de Ever, como também ela soube trabalhar com Riley sem deixar com o tom maçante e, por vezes, irritante que Os Imortais às vezes possui (motivo pelo qual eu ainda não terminei de ler a série). Na verdade, Riley não deixou de ser a pirralha irritante e petulante que vemos nos livros de Ever e Damen, no entanto, preciso dizer que ela tem uma identidade própria e muito bem trabalhada.
Riley está se sentindo mais confiante após sua missão de sucesso com o Garoto Radiante e, com seu guia Bodhi e o labrador Buttercup, podem aproveitar um momento de descanso e descobertas. Mas quem disse que, com ela a solta desse jeito, nossa adolescente rebelde poderia ficar longe de confusões? Quando um cão infernal cruza o caminho de Riley, algo inesperado, ela não se dá por vencida enquanto não encontrar o lugar de onde a criatura surgiu. E quando dizem que, quem procura, acha, não é à toa.
A jovem apanhadora de almas encontra uma garota, aparentemente inocente, que parece vagar no lugar errado. Com seu jeito, digamos, sutil ela tenta convencer Rebecca de que Summerland é o lugar certo para ela. Porém, a jovem está cheia de remorso e mágoas para conseguir ouvir Riley e seguir em frente. Vítima de uma rebelião de escravos, Rebecca se ressente por ter sido morta ainda tão jovem e não ter sido salva por seu pai.
Riley, aos poucos, vai descobrindo toda a história por trás do trágico acidente envolvendo Rebecca e os escravos. De fato, ela o descobre da pior maneira possível, revivendo as próprias lembranças dolorosas primeiro para depois entender o que Rebecca está fazendo em seu pequeno mundo. Luminoso foi ainda mais impactante do que Radiante e isso só me animou. Claro que tem todo um caráter mais sombrio e, quando descobrimos o que aconteceu com Rebecca e os escravos, definitivamente você não pode descrever aquilo com qualquer palavra diferente de "inferno".
Enquanto ela precisa aprender a contornar o poder de Rebecca para se manter intacta, Riley é acolhida por um dos escravos que ela descobre ter sido rei em seu território, mas que, quando os brancos chegaram, nada mais era do que outro escravo para eles. Ele é quem guia Riley para encontrar a força interior de que precisa para enfrentar Rebecca e libertar Bodhi e Buttercup, que foram engolidos por sua bolha de dor e sofrimento.
Achei maravilhoso a forma como Alyson desenvolveu Luminoso, Riley amadureceu de forma que deixasse a petulância de lado e pensasse mais em como salvar a todos, definitivamente, sua evolução como apanhadora de almas foi notável, mesmo que ela mesma tenha se envolvido naquela situação por pura teimosia (é a Riley, fazer o quê?). Nesta etapa da história, também conseguimos descobrir um lado de Bodhi que o atormenta desde antes dele morrer. Eu realmente me apaixonei por esse livro, apesar de as histórias compartilhadas pelos personagens serem extremamente tristes.
Luminoso só me fez ficar ainda mais fascinada por todo esse universo criado por Alyson Noël especialmente para Riley Bloom, porque, apesar dela continuar uma pentelha em dados momentos, é notável sua evolução e amadurecimento, sem contar que a atmosfera, bem mais sombria e cheia de novos poderes, é um atrativo a mais para quem leu Os Imortais e só ficou a par das materializações e as viagens a Summerland. Aqui & Agora é tudo isso e muito mais!
Altamente recomendado e eu mal posso esperar para ler Terra dos Sonhos, que já está na minha estante!

Nota:

2 comentários:

Jennifer Farias disse...

Eu lí 'Radiant',e devo dizer que não esperava muito do livro. Me enganei! É mesmo bem diferente de 'Os Imortais',não tem o toque irritante da Ever,é algo novo.
A capa azul,bonitinha e calma,é uma mascara. Fiquei pasma quando a Riley encontrou o Garoto Radiante (sabe,eu tenho problemas com palhaços kkk)...
Bem,não vejo a hora de ler 'Luminoso'...Parabéns pela resenha!!

Veezinha disse...

Obrigada Jennifer e, pode apostar, essa série vai te encantar! Eu fiquei muito surpresa porque eu achava a Riley irritante enquanto estava lendo Os Imortais; mas ela está evoluindo na sua própria série e isso me deixa muito feliz e animada!
Estou com Terra dos Sonhos aqui na estante e mal vejo a hora de ler! *-*
xx




Em 15 de abril de 2012 20:05, Disqus
<>escreveu: