sábado, 19 de maio de 2012

Indo mais a fundo... #14

Oi pessoal!

Sei que foi uma semana de poucas atualizações, mas estive tentando colocar minha vida no lugar ao máximo. Por mais repetitivo que isso soe: faculdade sabe como te enlouquecer. Eu achei que estava sofrendo no Ensino Médio... bom, eu era feliz e não sabia! rs Claro, sou mais feliz agora sem química, física, geometria, matemática, biologia, etc. Mas meu tempo é muito mau administrado! Então, acho que vocês entendem se eu me descabelar algumas vezes e escorregar nos prazos.
Mas chega de desculpas, vou atualizá-los de tudo o que aconteceu essa semana e vou fazer rápido! Sem dores. rsrs
E antes de começar, devo dizer: cadê os participantes do Top Comentarista??? Só duas pessoas participando! Ânimo, pessoal!!
Agora vamos, rs; já falei de personalidades, espetáculos, filmes e música e sinto que ficou faltando algo: programas de televisão.



Alguém gosta de história? Objetos antigos, vintage? Hoje vou falar de três programas de televisão que retratam a história dos objetos, onde podemos ficar sabendo muitos detalhes históricos dos Estados Unidos e do mundo, são bem interessantes!

E o primeiro deles é:

Trato Feito
Nome original: Pawn Stars
Canal de exibição: History Channel

Localizada em Las Vegas, essa loja de penhores é gerenciada por Rick Harrison, que trabalha com seu pai, conhecido como O Velho (Old Man), seu filho, Big Ross (ou Corey) e o melhor amigo dele, Chumlee. Todos os dias, várias pessoas entram na Gold & Silver Pawn para penhorar ou vender objetos antigos que compraram em bazares, ganharam ou sempre estiveram na família e ganhar algum dinheiro.
Os objetos mais comuns são itens de guerra, campanhas presidenciais, jóias, brinquedos e máquinas. A maioria são colecionáveis, o que desperta o interesse de Rick que está sempre em busca do melhor preço para que possa revender com algum lucro. Mas, como em tudo o mais, muitos objetos estão sujeitos a falsificações por serem famosos ou altamente procurados e é aí que vários especialistas são chamados para avaliar esses pequenos pedaços de história para dar o veredicto sobre quanto valem e a que período pertencem. É uma verdadeira aula de história norte-americana e, às vezes, de outra parte do mundo também!
Muitas coisas, para as quais eu não dava nada, na mão deles, vale muito. Itens da Coca-Cola, armas antigas, máquinas de pinball, moedas antigas, tudo tem um preço. E a parte mais divertida é a hora da negociação: o cliente oferece um preço e, de acordo com a avaliação de um especialista, do Rick, de seu pai ou do próprio filho, eles oferecem uma contra-oferta e por aí seguem até que seja "trato feito" ou não.
Alguns itens adquiridos são enviados para a restauração e voltam novinhos em folha, restaurados ao seu auge; outros, como as armas, são testadas para que se possa avaliar e até mesmo aumentar o preço na hora da venda. O que mais impressiona, conforme o programa mostra imagens da loja, é a quantidade de jóias expostas nas vitrines para venda. O costume do norte-americano de vender quase tudo o que tem também é algo que chama atenção porque muitas pessoas vão a vendas de garagem e acabam comprando relíquias por preços muito baixos e, quando chegam à G&S Pawn, elas podem valer milhares de dólares!
É um programa divertido, para aqueles que tem curiosidade sobre história e querem aprender um pouco mais. Você nunca sabe o que esperar de um episódio, é cada coisa que aparece...


Mestres da Restauração
Nome original: American Restoration
Canal de exibição: History Channel

A série mostra o cotidiano da Rick's Restorations, onde Rick Dale comanda uma loja de restaurações junto com seu filho, Tyler, e toda uma equipe especializada em trazer de volta o vigor de peças antigas maltratadas pelo tempo.
Entre itens colecionáveis da Coca-Cola, bicicletas, jukeboxes, máquinas de venda, carroças, cadeiras de barbearia, capacetes de astronautas e da guerra, Rick e sua equipe dedicam-se a enfrentar desafios que cada uma das restaurações trazem por si só para, no final, deixar o cliente satisfeito.
Assim como em Trato Feito, Mestres da Restauração também é uma boa aula de história, onde Rick explica em que momento os itens que recebe estiveram no auge e para que cada um servia, aonde eram colocados para serem usados, etc.
Ele também faz várias restaurações para o Rick Harrison, consequentemente aparecendo em vários episódios de Trato Feito e vice-versa. Cada restauração tem seus obstáculos como peças que estão faltando ou que estão desgastadas demais, amassados, problemas na parte elétrica. Mas, com tantos anos de experiência, sabem como contornar esses tipos de problemas, garantindo um resultado final de encher os olhos.
Eu, particularmente, gosto das máquinas de venda restauradas e os itens da Coca-Cola, que são bem numerosos. Quando você vê as peças assim que chegam, não consegue nem imaginar como elas deveriam ter sido, mas, ao final, fica impossível imaginar diferente de como ficou. Além de acompanharmos o andamento das restaurações, também ficamos sabendo um pouco mais da relação entre Rick e Tyler e do desejo do jovem de assumir a loja do pai, embora fique claro desde o começo de que ele ainda tem muito o que aprender.
Muitas pessoas ganham a vida resgatando objetos velhos, levando-os para o Rick e revendendo-os depois da restauração o que eu acho super interessante. Às vezes preferimos objetos novos, mas com ar vintage do que as verdadeiras peças antigas, que são restauradas. O trabalho que a equipe toda coloca em cada objeto é incrível e o resultado não poderia ser diferente.


Caçadores de Relíquias
Nome original: American Pickers
Canal de exibição: History Channel

A dupla Mike e Frank percorre os Estados Unidos com uma van em busca de antiguidades e itens colecionáveis. Seguindo dicas encontradas pela sua assistente, Danielle, que gerencia o escritório fixo, Antique Archeology, eles correm atrás de vendedores que armazenam todo tipo de objetos em galpões superlotados e que escondem verdadeiras relíquias.
O grande alvo desses dois são placas de estabelecimentos, propagandas e máquinas de pinball. Quando encontram um lugar cheio delas, ficam animados e passam muito tempo revistando cada trecho do armazém em busca das melhores placas, as mais colecionáveis, e então fazem uma oferta ao vendedor que pode ou não refutá-la.
Grande parte dos objetos que compram estão desgastados pelo tempo, mas eles mesmos restauram alguns e conseguem obter lucro, outros eles enviam para o Rick para que possam ser renovadas. No momento em que eles listam suas aquisições, já temos uma ideia de qual será o lucro de cada peça, o que só mostra como eles valorizam peças vintage.
Na minha opinião, tudo para o norte-americano vale dinheiro, esteja enferrujado e caindo aos pedaços ou restaurado, para tudo há um preço. Não deve ser à toa que eles possuem galpões e mais galpões com quinquilharias pelas quais esperam receber alguns dólares. E o mais curioso é que elas valem, desde U$$ 1,00 até milhares.

Eu adoro assistir a esses três programas porque tem coisas bem legais e históricas. Até indicaria para os fãs da Coca-Cola, porque tem muita coisa mesmo! Geladeiras, coolers, máquinas...
Fica aí a dica para quem tiver curiosidade de descobrir um pouco mais sobre itens colecionáveis e de valor histórico!
Para saber mais sobre os programas e os horários de exibição, clique aqui.

Espero que tenham gostado e não deixem de comentar! :D


4 comentários:

Rodrigo Caldas disse...

Legal saber mais sobre esses programas, mas eu ainda prefiro que nessa seção vc faça sobre atores igual como vc fez o da Sandra Bullock, é muito legal desbrir mais sobre a carrira dos atores.

Veezinha disse...

Ahhh sei, bom, eu tento intercalar os posts porque a seção não é só sobre isso, ok? Mas logo, logo tem mais perfis de personalidades! ;)

xx




2012/5/31 Disqus

Fellipe ramos disse...

Esses programas devem ser muito interessantes, os três parecem legais, mas o que mais me interessei foi Caçadores de Relíquias, por eles irem atras das coisas!
Pena que não tenho TV por assinatura, não tenho paciência para assistir pelo pc :-(

Veezinha disse...

Ahhhhhh, procura no YouTube e vê se você gosta. São muito legais, uma verdadeira aula de história! Uma pena você não ter TV a cabo.

xx



2012/6/4 Disqus