terça-feira, 12 de junho de 2012

#Indicação - Filme: Paixão de Alguel

Oi pessoal!!

Peço mil desculpas pela falta de atualização no blog. Andei correndo atrás de cuidar do meu dedo no feriado, assim como aproveitei para descansar um pouco (sim, do computador também! rs) e, claro, estudar!
A semana é longa, já estou enlouquecendo com a prova de Sociologia que é na quinta-feira, muita coisa para estudar, muita coisa para fazer! Mas, não se preocupem, aos poucos vou colocando as novidades aqui no blog. Os posts de sexta e sábado serão bem grandinhos, então espero que estejam preparados!
E... eu entendi bem? É só eu sumir do blog que vocês inventaram de comentar? Nunca recebi tantos e-mails de notificação do Disqus quanto nesses últimos dias! Não se preocupem, vou responder todos os comentários, só preciso de um pouquinho mais de tempo rsrs Realmente fiquei muito feliz de vê-los participando dos posts!
Estamos a apenas 6 seguidores dos 700!!! Uau, é uma marca e tanto, não? Adorei, mesmo! Muito obrigada a todos que estão participando do blog, seja da maneira que for!
Chega de papo, vamos ao que interessa. Um post especial em comemoração ao Dia dos Namorados. Ah, l'amour! <3

Paixão de Aluguel (The Perfect Man) - 2005

Holly Hamilton (Hilary Duff) já está cansada dos namorados sem-futuro que a mãe (Heather Locklear) arruma. Para distraí-la da tristeza do último rompimento, a menina inventa um admirador secreto que iria paquerar, Jean, aumentando sua auto-estima. Para dar um rosto ao tal homem perfeito, Holly usa o amigo Ben (Chris Noth) tio de Amy (Vanessa Lengies), sua confidente. Na tentativa de manter a felicidade da mãe, Holly acaba não percebendo o homem ideal para ela própria.


Paixão de Aluguel é o tipo de filme que você assiste a qualquer momento, estando triste ou feliz, procurando risadas ou algo mais romântico. O filme conta a história de Holly, sua irmã mais nova Zoe e a mãe Jean que é uma confeiteira de mão cheia, mas possui um pequeno defeito: cada vez que um de seus relacionamentos não dá certo, ela empacota as coisas e, literalmente, põe o pé na estrada. Holly sofre muito com as mudanças frequentes da mãe e precisa mudar muito de escola, sendo assim, nunca pode ir a um baile. Mesmo que mudar seja divertido, o que pode significar novos ares, novas pessoas, Holly não está muito mais animada nessa mudança.
Tentando escapar do vício da mãe em encontrar um namorado, Holly tenta se acostumar à nova escola, às novas pessoas e já de cara conhece Amy, uma garota descolada que a apresentará e guiará pela escola. Ela também conhece Ben, um garoto tímido, mas que desenha quadrinhos extremamente bem. Em meio a esses dois, Holly bolará um plano para que sua mãe queira ficar definitivamente no Brooklyn, principalmente quando o primeiro cara em quem ela põe os olhos é um completo idiota. Será que esse faz de contas, esse homem perfeito que Holly criará para a sua mãe será capaz de fazê-la ficar ou, em algum momento, elas terão de partir novamente, dessa vez não só com um, mas dois corações partidos?
Eu adoro o filme, é um daqueles que já tem um lugar especial na prateleira, para estar sempre a mão. Ao mesmo tempo em que acompanhamos a trajetória de Holly em criar o homem perfeito para sua mãe e afastá-la do mané por quem está interessada, ela própria vai desenvolvendo um romance que, obviamente, tem as melhores partes no final! Outro ponto que eu adoro observar sempre que assisto ao filme são as roupas que a Hilary Duff usa, que eu acho simplesmente demais!
O filme tem aquele toque leve de romance, um pouco de comédia e até um drama, mas nada muito complicado. É uma delícia assisti-lo e eu recomendo a todo mundo que esteja procurando um filme bem light e divertido.

Nota:

E é isso pessoal, espero que tenham gostado da dica! Feliz Dia dos Namorados a quem tem um(a) namorado(a) e para quem não tem, assim como eu...bom, foi um dia como outro qualquer! rsrs


10 comentários:

Leiturahot disse...

Oi!
Obrigada pela dica!! Tava atrás de um filme legal pra assisti e encontrei..rsrs

Beijokas
Amanda
leiturahot.blogspot.com

Flavio Oliveira disse...

Boa sorte na prova!!

Veezinha disse...

Obrigada, Flavio (atrasada rs). Espero que tenha dado tudo certo!


xx

Veezinha disse...

Que bom que gostou, Amanda!
É um dos meus preferidos! *-*


xx

fellipe disse...

Agora to confuso haha Essa história me parece familiar com um filme que já assisti na sessão da tarde, mas não me lembro muito desse filme e nem se é esse, que parece ser bem legal e engraçado, otimo pra assistir em uma tarde!

Rodrigo Caldas disse...

Esse filme é legalzinho, é daqueles que para se ver na tarde de domingo quando não se tem nada para fazer, aliás todos os filmes da Hillary Duff são assim né.

Veezinha disse...

Se eu não me engano, ele já passou na Sessão da Tarde mesmo, só não lembro quando!
Mas assista quando der, acho que você se lembrará! rsrs


xx

Veezinha disse...

Exatamente! Eu acho os filmes dela bem tranquilos, com exceção de "Na Trilha da Fama" que eu acho triste demais. Meio que evito assisti-lo rsrs
De resto, eu adoro!


xx

Flavio Oliveira disse...

Ela veio aqui na Bienal do livro do ano passado e foi um infernoooo de gente!!!! rs... Não vi esse filme ainda.

Veezinha disse...

Então!!! Eu fiquei me mordendo porque eu morro de vontade conhecê-la! *-* Cantava as músicas dela com a minha amiga quando era mais nova, adooooooro!
Assista quando der, é um dos meus favoritos (e que filme não é? rsrs)


xx