segunda-feira, 10 de setembro de 2012

#Resenha: Tokyo Mew Mew 02 - Reiko Yoshida

Oi gente!

Primeiramente, quero dizer que estou muito feliz com todas as participações da nossa nova promoção. Está bombando! Acredito que até o final da semana já estejamos alcançando as 1000 entradas no formulário do Rafflecopter. Isso não é demais?
Continuem participando e chamando mais pessoas para participar que logo menos lanço mais promoções, ok?

Tokyo Mew Mew #02
Autora: Reiko Yoshida
Editora: Panini Comics
Número de páginas: 192
Sinopse: "Meu nome é Ichigo Momomiya e tenho 12 anos! Com a ajuda de poderes de animais em extinção, luto pela preservação da Terra! Essa missão é muito séria e importante, por isso preciso encontrar as companheiras que vão me ajudar! Mas... Espera aí?! Essa não!! Quem está ameaçando o nosso planeta?! Nyah!!"


Resenhas anteriores:

Continuando com a volta à minha infância, eu me lembrava que Quiche Dren (meu Deus, colocaram nome de comida nele!) era um pouco obcecado em relação à IchigoZoey só não lembrava que era tanto. Nesse novo volume, começamos com a aparição desse extraterrestre, aparentemente o responsável por estar transformando animais indefesos em verdadeiros chimera anima predadores. E, como se lutar com eles já não fosse difícil o suficiente, Zoey, Mint Corina e Lettuce Bridgit precisam procurar as duas últimas integrantes das Mew Mews para, assim, fortalecer seus poderes. Uma delas já é encontrada no final do volume um: Pudding Kikki, uma garotinha agitada e extremamente alegre, bem como engraçada, que aceitará juntar-se ao grupo, dando sua contribuição para a luta com muitas acrobacias e receitas de sua família.
Já a última, uma famosa e internacional modelo, Zakuro Renée terá de ser conquistada, pois seu temperamento não será fácil de vencer. Que todas elas são mais fortes juntas, disso não há dúvidas. Dren irá colocá-las para trabalhar cada vez mais duro, afinal, ele e outros de seu planeta desejam algo que só existe no planeta Terra: a Mew Aqua (ou Água Azul).
Com sua obsessão por Zoey crescendo, ele tenta tirá-la do foco da luta prometendo deixá-las em paz caso ela seja sua. Devo dizer que ele é um negociador e tanto para um extraterrestre, realmente sabe como chamar a atenção das garotas (não). O que me leva a ficar em dúvida se está realmente atrás da tal água azul ou se realmente está a passeio, praticando sua obsessão alienígena.
A presença de Kikki neste volume é praticamente ofuscante, ela só não consegue aparecer mais do que a própria Zoey, mas sua hiperatividade, sem dúvidas, chama a atenção, deixando Corina e Bridgit mais de lado. Apesar de ter a própria Corina na capa, o que, para mim, deveria significar que a história desse volume giraria em torno dela, acabei me decepcionando, mas apenas em parte.
Em geral, este segundo volume tem mais ação e muito menos aparições, por exemplo, do Aoyama Mark que aparece mais um pouco para o final, já que as Mew Mews tornaram-se fenômeno por toda a Tóquio depois de lutar contra alguns predadores no estúdio onde Renée estava (e terem sido filmadas o tempo todo).
Espero que nos próximos volumes tenhamos a oportunidade de descobrir um pouco mais dessas novas integrantes, assim como espero que os outros alienígenas apareçam ao lado de Dren. Talvez Mark e Zoey deem o próximo passo ou, então, é arriscado supor que pode até virar um quadrilátero amoroso, com a participação do Elliot também. Mas devo ressaltar que isso não é um livro YA, então tudo pode acontecer.
Estou gostando bastante até aqui, é bom relembrar esses bons momentos, agora, com a história original.

Nota:


5 comentários:

Gladys Sena disse...

Não gosto dessa temática...


:(

Fabianne Almeida disse...

Nunca ouvi falar em Tokyo Mew Mew!Mas achei interessante.

Fernanda Rodrigues Mendonça disse...

Nossa, faz tipo MUITO tempo que eu não leio mangá!


Mas esse parece ser interessante demais!! (ó vc me arrastando pro lado dos leitores de mangá novamente iUHASUHAIUSHsiuh)


E eu tbm não entendo essa mania de colocar nome de comida em gente.-.

Luciana Cardoso disse...

Eu ainda não conhecia essa série anime, só conheci em outro post anterior, faz muito tempo que não leio animes, tinha me esqueci de como é bom lê-los rsrs... achei a história desse anime muito interessante até fiquei com vontade de lê-lo, agora só falta descobrir onde vende rsrs...
Parabéns pela bela resenha.

jessica rochafonseca disse...

Não conhecia essa série até a resenha anterior que você fez, estou adorando ler suas resenha. Mas prefiro as da Sakura *__*