terça-feira, 13 de novembro de 2012

#Indicação - Filme: Hotel Transilvânia

Hotel Transilvânia (Hotel Transylvania) - 2012

O Hotel Transilvânia é um resort cinco estrelas que serve de refúgio para que os monstros possam descansar do árduo trabalho de perseguir e assustar os humanos. O local é comandado pelo Conde Drácula (Adam Sandler), que resolve convidar os amigos para comemorar, ao longo de um fim de semana, o 118º aniversário de sua filha Mavis (Selena Gomez). O que ele não esperava era que Jonathan (Adam Samberg), um humano sem noção, fosse aparecer no local justo quando o hotel está repleto de convidados e, ainda por cima, se apaixonasse por Mavis.


Hotel Transilvânia era uma das minhas grandes apostas para esse ano e eu estava muito ansiosa pelo lançamento. Por isso, quando surgiu a oportunidade, fui correndo até o cinema para poder assistir. A animação é a melhor opção para se divertir, pois reúne todos os monstros possíveis, desde o Conde Drácula até zumbis, em um lugar só. O hotel é, na verdade, como um balneário que costuma abrigar os monstros quando saem de férias. Completamente livre de contato humano, é lá que Conde Drácula achou o lugar perfeito para proteger sua filha, Mavis, dos terríveis e perigosos humanos.
E, além de ter passado os últimos 117 anos sem poder realmente ter qualquer contato com o mundo além do hotel, seu 118º aniversário se aproxima e, com ele, só existe apenas um pedido: sair e conhecer o mundo lá fora. Mavis está animada com a possibilidade de finalmente deixar aquelas portas, mas até parece que o super protetor papai Drácula cederá tão fácil.
Ele, então, convida todos os seus amigos: Frank, o frankstein, Wayne, o lobisomen, Murray, a múmia, Griffin, o invisível, e tudo o que você possa imaginar de monstros para a super festa de aniversário da filha, programando o que sempre fizeram. O momento em que eles chegam ao hotel é muito engraçado, como se fosse uma reunião de velhos amigos.
Mas tudo aparentemente repetitivo muda quando Jonathan entre por engano no hotel. O único motivo para os monstros se hospedarem no grande hotel do Conde Drácula é a absoluta certeza de estarem completamente isolados do contato humano. Então quando um jovem, completamente atrapalhado, aparece, ele precisa dar um jeito, não só pelo bem dos negócios como da própria filha. Por isso, ele resolve disfarçá-lo de parente distante do Frankstein, mas logo fica claro que o garoto não é tão à moda antiga quanto os demais monstros e, por outro lado, não se sente amedrontado por eles nem um pouco. Um humano desengonçado, animado e destemido. Definitivamente o que estava faltando na rotina monótona do hotel Transilvânia. E Drácula terá de lidar com isso.
Visivelmente podemos perceber a afinidade entre Mavis e Jonathan quase imediata e ele estará disposto a sacudir esse hotel, trazendo muitas coisas novas para o alívio e alegria dos outros monstros que estavam cansados da mesmice de sua existência. Dá para ver a notável mudança entre a rotina que o Drácula estabelecia para os encontros e as novas coisas que Jonathan sugere. Realmente, são bem mais divertidas... e o resultado é bem engraçado.
Adorei a criatividade, juntar todas as histórias em uma só, em um lugar que poderíamos chamar de resort. Ter esses monstros vivendo suas vidas, bem a frente do antigo "assustar para viver" é a melhor parte. E, apesar de Mavis ser a peça principal, acho que cada personagem soube roubar a cena à sua maneira.
A única coisa que não curti muito e que me impediu de dar nota máxima ao filme foi o fato de a dublagem ter algumas características incômodas. Como, por exemplo, quando o Conde Drácula está construindo o Hotel Transilvânia e conversa com o empreiteiro que tem forte sotaque nordestino, caracterizando o "típico" peão de obra. Isso me deixou bem irritada porque é algo que não se aplica à realidade do filme. E algo em que os dubladores parecem insistir nos desenhos animados. Simplesmente horrível.

Nota:


10 comentários:

Clara Beatriz disse...

Gostei da dica, parece ser um filme bem legal e divertido, aqueles filmes para se ver em uma tarde de domingo, adorei, vou colocar na minha lista de filmes para assistir ainda este ano.

Gabriel disse...

Quero ver esse filme parece ser bem divertido e uma boa opção para o final de semana . Vou ver ainda :D Adorei a resenha em muito bem feita e elaborada .

euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D e vota no post )

alice aguiar disse...

eu vi esse filme, gostei demais viu

Gabriel Sousa disse...

Nossa eu adorei esse filme, Ri demais com ele!
Foi ótimo pra dar uma aliviada haha *-*
Não vi esse filme dublado então não posso comentar sobre a falha na dublagem (:

Gabriela Brito disse...

Vi esse filme mês passado!

Não esperava muito, pois as melhores animações ficam com a Dream Words em parceria com a Pixar, mas quando o filme acabou estava felicíssima. Ele foi me conquistando aos pouquinhos, adorei!


Recomendo muito.

Depois de alguns minutos de filme, todo mundo quer ter o tchan! rs

Sayonara Lima Augusto disse...

Nossa estou com muita vontade de ver esse filme, parece bem engraçado e eu adoro filmes de desenho. Realmente esses estereótipos são bem chatos.

Cassia Moura disse...

To louca pra assistir esse filme ele parece ser bem legal....Adoro desenhos...


xoxo

Fernanda Faria disse...

Puxa quando eu vi o trailer desse filme, fiquei louca para assistir, mas acabei perdendo os prazos e quando dei por mim o filme já tinha saido de cartaz. Eu adoro filmes infantis, eu e meu irmão que é ainda mais velho do que eu adoramos.

Rodrigo Moreira Dias disse...

Adorei essa indicação. Eu nunca vi o filme e me interessei horrores pelo filme. Vou reservar o dvd na locadora para ver esse fim de semana e qualquer coisa eu te digo o que achei KKK
Beijos Vê

Fernanda Rodrigues Mendonça disse...

Eu ainda nao consegui ver =(

Mas to louca pra ver!!

Bom saber q ele teve uma boa nota! Vou ver assim q possivel!


=**