segunda-feira, 26 de novembro de 2012

#Resenha: Cilada - Harlan Coben

Oi gente!

Bem, faz pouco tempo que a nova promoção do blog está no ar e já percebi que vocês deixaram suas dúvidas nos comentários. Não se preocupem, estarei respondendo por lá mesmo, então não deixem de conferir para não ficar nenhuma confusão sem resolver. Certo?
E não se esqueçam que mais um prêmio e mais uma regra serão reveladas hoje, ok?


Cilada
Autor: Harlan Coben
Editora: Arqueiro
Número de páginas: 272
Sinopse: "Haley McWaid tem 17 anos. É aluna exemplar, disciplinada, ama esportes e sonha entrar para uma boa faculdade. Por isso, quando certa noite ela não volta para casa e três meses transcorrem sem que se tenha nenhuma notícia dela, todos na cidade começam a imaginar o pior. O assistente social Dan Mercer recebe um estranho telefonema de uma adolescente e vai a seu encontro. Ao chegar ao local, ele é surpreendido pela equipe de um programa de televisão, que o exibe em rede nacional como pedófilo. Inocentado por falta de provas, Dan é morto logo em seguida. Na junção dessas duas histórias está Wendy Tynes, a repórter que armou a cilada para Dan e que se torna a única testemunha de seu assassinato. Wendy sempre confiou apenas nos fatos, mas seu instinto lhe diz que Mercer talvez não fosse culpado. Agora ela precisa descobrir se desmascarou um criminoso ou causou a morte de um inocente. Nas investigações da morte de Dan e do desaparecimento de Haley, verdades inimagináveis são reveladas e a fragilidade de vidas aparentemente normais é posta à prova. Todos têm algo a esconder e os segredos se interligam e se completam em um elaborado mosaico de mistérios. Harlan Coben mais uma vez deixa o leitor sem ar. Cilada fala de culpa, luto e perdão em uma trama repleta de reviravoltas surpreendentes. Nada é o que parece e tudo pode ser desfeito até a última página."

Este livro foi cortesia da editora Arqueiro.

Outras resenhas:


Este é o segundo livro que leio do Harlan e preciso dizer o quanto é difícil fazer uma resenha à altura. Sua habilidade em criar enredos complexos, dignos de deixar o queixo do leitor caído se repete em Cilada.
Para mim, é complicado resenhar a história porque, vejam bem, são tantos detalhes em uma trama maravilhosamente tecida por ele que fica inevitável soltar um spoiler ou outro, por isso, me perdoem se eu me mantiver muito no caráter técnico do livro.
Quando lemos um livro do Harlan, temos uma história central, aquela ao redor da qual todos os outros personagens transitarão. Nesse caso, ela gira em torno do desaparecimento de Haley, uma garota disciplinada, dedicada e amorosa que, um dia, desaparece sem mais nem menos. Por outro lado, está Dan Mercer, um órfão que se formou com louvor na faculdade e dedica seu tempo a ajudar crianças, mas vê sua vida desmoronar depois de ser atraído para uma emboscada de um programa de TV que flagra pedófilos.
A partir desses dois, somos guiados por seus históricos, pelas pessoas mais próximas a eles, todo o trabalho da polícia, de investigação, acusação. Nesse ponto, Harlan Coben já sabe como evitar que nossos olhos desviem-se um minuto das páginas. Novos personagens vão sendo acrescentados gradualmente, desde familiares de Haley e Dan, até aqueles que investigam seus casos, colegas de trabalho, escola, faculdade, suas famílias. E o mais importante: vamos descobrindo que eles não são colocados à toa na história, para apenas uma leve aparição.
Essa característica de escrita dele já havia me encantado quando eu li Confie em Mim, é o que eu gosto de chamar de "não dar ponto sem nó", a forma como ele vai apresentando esses personagens, por mais que eles pareçam coadjuvantes, mostrando qual é a história de vida deles, o que os fez ser daquela forma, de onde eles vieram, é simplesmente inacreditável. Nunca vi antes um autor que se desse ao trabalho de se focar em cada personagem, deixando que ele se torne o foco do enredo pelo menos em um capítulo ou dois. E Harlan faz isso com maestria, não deixa nenhuma ponta solta na história.
Eu não poderia me lembrar de todos os personagens, a não ser que anotasse todos eles, mas devo dizer que a contribuição de cada um para o desenrolar da história é essencial. É interessante perceber como a história de uma pessoa pode interferir em suas atitudes e ações enquanto o enredo se desenrola. Quase podemos dizer: "bom, então, se isso não tivesse acontecido, com certeza ele não estaria agindo dessa forma".
Com ganchos nos finais dos capítulos capazes de revirar seu estômago e fazer o coração acelerar, fica quase impossível parar de ler até que tudo esteja, enfim, resolvido. E não acredite que já tem tudo descoberto porque ele ainda pode te surpreender. Afinal, qual será a ligação entre Haley e Dan?
A revisão da Arqueiro está muito boa e a diagramação, com sempre, impecável. Adoro o estilo com que os capítulos são divididos.
Leitura mais que obrigatória para quem adora um bom suspense, uma história super bem construída e reviravoltas incríveis. Harlan Coben já se tornou um dos meus autores favoritos e que eu indico a todos. Cilada é uma leitura de tirar o fôlego!

Nota:


12 comentários:

Gabriel disse...

Quero ler muito um livro do Halan sempre dizem que é de tirar o fôlego , acho que vou coloca-lo aqui na lista de compras ( ainda mais depois dessa resenha :D )

euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

Fernanda Faria disse...

Eu ainda não li nenhum livro do Harlan Coben, mais já vi muitas resenhas positivas, incluindo a sua que ficou ótima ;) Eu não gosto muito de enredos complexos demais, com muitos personagens, e histórias diferentes se entrelaçando, as vezes fico um pouco perdida.

Fernanda Rodrigues Mendonça disse...

Eu tinha vontade de ler esse autor pelo simples fato de ser Suspense, mas saber que ele é de qualidade e sabe criar enredos interessantes me fez subir um pouco os livros dele na minha lista de prioridades literárias IUAHSIAUHS


=**

Clara Beatriz disse...

Gosto de livros de suspense, gostei muito do livro! A capa é linda! Amei!

alice aguiar disse...

adorei
gente preciso ler um livro do harlan

Sayonara Lima Augusto disse...

Gostei muito da resenha, eu sou uma negação para fazer um resumo sempre acabo soltando spoilers hahahaha. Nossa, esse livro parece bem legal, vai para a minha lista :D Adoro livros de suspense e investigação, são o meu tipo de leitura favoritos

Gabriela Brito disse...

O.K. Parece que não temos o gosto assim tão parecido.
Já tive grande vontade de ler os livros do Harlan Coben, foi por isso até que comprei, no meio desse ano, Confie em Mim. Só que depois que eu li o livro, percebi o quanto o que eu achei dele não batia com o das pessoas me recomendaram. Por algum motivo que eu desconheço, não consegui me envolver do com estória ou achar algum dos acontecimentos interessantes. O fim, por exemplo, é bem diferente do que o livro tinha me feito imaginar. Mas não me despertou nenhum sentimento.
Mas acredito que um livro não é suficiente pra que eu conclua que Harlan Coben não é pra mim. Vou tentar de novo, e irei, novamente, escolher uma sinopse que atraia pra ver no que dá.

Rodrigo Moreira Dias disse...

Antes de ler esse livro, me disseram que esse livro é um dos mais fracos dele. E depois que eu li eu fiquei: 'SE ESSE É O MAIS FRACO, IMAGINA O MELHOR???'
Porque gente, esse livro é maravilhoso, é misterioso, é envolvente... Tem tantas coisas que eu poderia descrever esse livro e nenhuma seria alguma coisa ruim. Eu amei esse livro. E você falou simplesmente tudo o que eu senti lendo.
E vou aproveitar que você leu outro livro dele, esse realmente é o mais fraco dele?

Liziane Goulart disse...

Olá

Sou louca para ler esse livro, mas ainda não comprei, todos falam muito bem dos livros desse autor.

Beijão
http://lilicasg.blogspot.com.br/

Gabriel Sousa disse...

O livro com uma capa linda dessa, e vc ai falando tão bem dele, como nao ficar louco de vontade de ler ele ? kkkkkk
Ai eu amo livro de suspense, e realmente fiquei muito curioso a respeito do livro, quero mto mto ler ele *---*

Gabriela Neves disse...

Eu costumo adorar os livros dessa editora. Sem contar essa capa, que é LINDA. Com tantos elogios fica difícil não ficar curioso quanto ao livro.

Entre Leitores disse...

Esse foi o primeiro e único livro do Harlan que li. E também concordo que o autor tem uma extrema habilidade de deixar o leitor de queixo caído. Espero por mais oportunidades de ler os livros dele.
Beijos,
coemundo.blogspot.com