sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

#Indicação - Filme: O Conde de Monte Cristo

Para quem não se lembra, no post de indicação da série Revenge, prometi que indicaria o filme cuja história serviu de inspiração para a série. E aqui está:

O Conde de Monte Cristo (The Count of Monte Cristo) - 2002

O jovem e destemido marinheiro Edmond Dantes é um rapaz honesto e sincero, cuja vida pacífica e planos de se casar com a linda Mercedes são abruptamente destruídos quando Fernand, seu melhor amigo, que deseja Mercedes para ele, o trai. Com uma sentença fraudulenta para cumprir na infame prisão da ilha do Castelo de If, Edmond se vê aprisionado em um pesadelo que dura 13 anos.
Assombrado pelo curso que tomou sua vida, com o passar do tempo ele abandona tudo que sempre acreditou sobre o que é certo e errado, e se consome por pensamentos de vingança contra aqueles que o traíram. Com a ajuda de outro preso (Richard Harris), Dantes planeja sua missão de escapar da prisão e se transformar no misterioso e riquíssimo Conde de Monte Cristo.
Com uma astúcia cruel, ele se envolve com a nobreza francesa e sistematicamente destrói os homens que o manipularam e o aprisionaram.

Insiprado na história de Alexandre Dumas (mesmo autor de Os Três Mosqueteiros - indicação), O Conde de Monte Cristo é a história de Edmond Dantes, um marinheiro honesto e, até certo ponto, ingênuo que, depois de decidir desembarcar na ilha onde Napoleão Bonaparte era mantido preso para salvar o capitão de seu navio que estava doente, recebe a atenção inesperada do principal prisioneiro, que lhe confia uma correspondência inocente a um velho amigo.
De volta ao seu lar, Edmond reencontra sua amada Mercedes, que também é cobiçada por seu melhor amigo, Fernand, e é nomeado capitão do navio em que trabalhava pela nobre decisão de tentar salvar seu falecido capitão. O primeiro imediato e Fernand não gostam da notícia e, invejosos, decidem armar contra o pobre rapaz que, no mesmo dia, é preso e levado ao Castelo de If, uma prisão para onde, segundo o diretor, todos os inocentes vão.
Durante um tempo, tendo que lidar com a situação desesperadora de estar confinado a uma cela de pedras, com condições terríveis de higiene, uma comida rala e o presente de aniversário que o diretor faz questão de dar todos os anos, Edmond pensa ter alcançado o limite. Mas, depois de uma tentativa fracassada de se enforcar, ele acaba encontrando, por acaso, um outro detento que vem cavando um túnel para tentar escapar de lá.
O padre Abade facilmente fica amigo de Edmond e mostra a ele que a situação não pode ser tão ruim e que, se eles conseguirem cavar um túnel na direção oposta (já que a direção em que ele estava cavando, aparentemente, só o guiou até a cela de Dantes) poderão chegar à parede externa bem mais rápido! Edmond, já tomado pelo desejo de vingança contra aqueles que o colocaram lá, promete ajudar o padre, mas sob uma condição: Abade terá de lhe ensinar tudo o que sabe.
Intercalando as sessões de escavação com aulas de economia, história, artes marciais e outros tipos de conhecimento, Edmond consegue transformar sua estadia em If um pouco mais tolerável, afinal, a esperança e o desejo de vingança correm em suas veias. Entretanto, quando uma escavação acaba errado, Edmond vê a chance perfeita para escapar e, munido de um mapa misterioso do tesouro (motivo pelo qual Abade havia sido encarcerado), consegue uma fuga surpreendente de If e, nela, já aplica a vingança na primeira pessoa: o diretor.
Depois de muito nadar, encontra-se com um bando de piratas que querem dar um corretivo em um de seus marinheiros e o colocam para lutar contra Edmond até a morte. Mas, muito esperto, o jovem vingativo arranja uma forma de conseguir um aliado que lhe promete a vida e, juntos, eles retornam até a França. Lá, Edmond estará pronto para caçar, um a um, os principais traidores que nada fizeram para impedi-lo de ser preso. Só resta a ele saber se todas as coisas que aprenderá sobre seus alvos poderá ser motivo para seguir com sua vingança adiante.
Eu acho que a Emily Thorne deveria assistir/ler O Conde de Monte Cristo para ver se consegue voltar nos trilhos de sua vingança original. Porque se tem uma coisa em que Edmond não falhará é em trazer justiça a si mesmo com as próprias mãos. Acho que é isso o que está faltando na série.
Mas voltando ao filme, uma produção maravilhosa em que vemos um personagem bom e sincero que, quando injustiçado e submetido a sofrimentos terríveis, é capaz de mudar completamente e, em seus anos sozinho, alimentar um ódio, uma fúria que será a única força para que ele continue lutando para sobreviver. A força de vontade de Edmond, claro, alimentada pelo desejo de vingança, é incrível e ao acompanhar sua trajetória, fica impossível não torcer por ele.
As surpresas não param e nosso Edmond está disposto a voltar por cima e, meu Deus, que volta! Se você curte um filme de época, com uma boa trama e adora ver uma vingança dar certo, assista a O Conde de Monte Cristo que o entretenimento é certo! Você vai se surpreender com essa história de traição e vingança que, aqui, é um prato que se come fervendo!

Nota:

ATENÇÃO: Como eu não obtive resposta da segunda ganhadora do kit de "Um Lugar Para Ficar" e por eu ter tido que refazer o sorteio seis vezes até encontrar um vencedor que seguisse as regras, o PRIMEIRO a comentar COERENTEMENTE nesta resenha deixando E-MAIL para contato, levará para casa o kit do livro, ok?


10 comentários:

Luciana Cardoso disse...

Amei seu resenha, achei a história maravilhosa, interessante e muito intrigante, espero em breve lê-lo
Parabéns pela belissima resenha.
lucyi_cardoso@hotmail.com

Virginia de Oliveira disse...

Tenho esse filme mas ainda não o assisti, gostei do post e da sua indicaçõ. Vou procurar o meu dvd e assistir depois venho dizer o que achei.
virginiadeob@gmail.com

Luciana Cardoso disse...

Por ter comentado super rápido a primeira vez a sua indicação de filme, agora eu irei falar mais sobre o que achei dela. Eu achei história muito boa, com muito drama rsrs... eu já tinha visto uma vez a resenha dos livros, e já tinha ficado muito curiosa, mas ao terminar de ler seus comentários sobre o filme eu simplesmente estou louca para assisti-lo rsrs... amo histórias assim, que contenham muito mistério, drama, intrigas, segredos e gente bonita rsrs...
Meus parabéns pela ótima indicação, como já disse no comentário anterior, com toda certeza irei assisti-lo, daqui te falo o que eu achei, ok?!

gsbrugioni disse...

Já tinha ouvido falar desse filme, mas nunca tinha parado pra ver, nessas férias vou tentar vê-lo, acho que vou gostar por que como você disse as pessoas que gostam de ver uma vingança dar certo vai curti, rsrsrsr esse não posso perder, e a resenha ficou ótima =D

Beijos.
Guilherme.
e-mail: gsbrugioni@gmail.com

Gabriel Sousa disse...

vingança? já tô gostando hehe
o filmme deve ser muito bom *-*
Abraços :*

Fernanda Faria disse...

Eu acho que esse filme me deixaria com um pouco de medo. kkkkkkkk! sou bem medrosa para filme. Mas ele parece interessante, aqui em casa todo mundo já assistiu e gostaram muito mesmo. E pela sua 5 estrelas, tenho certeza que será ótimo mesmo.

Clara Beatriz disse...

Nossa Vê 5 estrelas? Então o filme deve ser bom mesmo, não gosto muito de filmes com luta, porém depois dessa indicação, vou abrir uma exceção! Bom, mas eu gosto de uma traição e uma boa vingação, então irei gostar do filme com certeza! Vê você está arrasando nas suas resenhas, continue assim. Sei, que cheguei muito tarde, porém ainda tenho esperanças de ganhar Um Lugar Para Ficar! clarabeatriz147@hotmail.com

Layse Hana disse...

Ja ouvi falar do filme mais nunca me interessei por ele, apesar de parecer ser um bom filme!


xoxo

Thaynara ribeiro disse...

Conhecia mas nunca me interessou esse filme. Quem sabe dou uma chance já q amei o post.

Amanda Valverde disse...

Esse filme é otimo!

amanda.valverde2@hotmail.com