domingo, 23 de dezembro de 2012

"Turn On The Radio, Honey..." #Especial

Oi gente!

O fim do ano está cada vez mais próximo e já estamos começando com as retrospectivas. O "Turn On The Radio, Honey..." não foi uma seção muito ativa esse ano, confesso, principalmente nos últimos meses. É por isso que estou revendo cuidadosamente cada aspecto do blog para decidir como me programar o ano que vem e, claro, deixá-los com muito mais conteúdo.
Então, para a seção de música, resolvi reunir os 12 videoclipes desse ano que eu mais gostei. Depois comentem para eu saber se concordam ou se gostaram de algum outro que não listei. Vamos lá!

12º lugar - Payphone (Maroon 5)



Ao contrário do que tem sido exibido ultimamente nos canais de música, a primeira versão de "Payphone", na minha opinião, é bem mais legal e com muito mais sentido do que a última. Além de ser uma ajuda na hora de cantar, esse estilo comic ficou bem bacana!


11º lugar - Needing/Getting (OK Go)



Esse vídeo eu vi mais por acidente em um das minhas passadas pelo VH1. A música em si nem foi tanto o atrativo, mas a forma como o grupo a dispôs. Formando um circuito de instrumentos musicais (improvisados ou não) o carro em que eles estão faz todo o trabalho acústico enquanto eles contribuem com a voz. Achei super curioso, muito diferente do que estamos acostumados a ver. E quando estamos assistindo a um clipe, é esse diferencial que procuramos e eles foram muito criativos nesse quesito. Vale a pena conferir!


10º lugar - Don't Leave Me (Regina Spektor)



Outra "casualidade" do VH1, eu já conhecia a Regina Spektor e sabia do seu jeito meio maluquinho de fazer clipes, mas essa versão de uma música francesa, "Ne Me Quitte Pas", de uma forma divertida, descontraída e interessante ganhou o meu coração. Originalmente, a música francesa tem um tom melancólico, até triste, mas ela conseguiu dar um ritmo super gostoso que dá vontade de dançar (até sozinha mesmo rs).


9º lugar - Turn Up the Music (Chris Brown)



Gosto dos clipes do Chris Brown porque ele dança bem demais e suas coreografias são bem elaboradas. Soma-se a isso um ritmo completamente dançante e não importa que o clipe tenha características um tanto quanto bizarras, a música animada e a coreografia relevam essa parte.


8º lugar - We Are Young (Fun ft. Janelle Monáe)



Esse vídeo é um pouquinho velho e confesso que demorei um pouco a gostar dele, mas hoje é uma das minhas favoritas. O mais engraçado sobre ele é que o local onde a banda está aparentemente fazendo um show começa a ter diversas brigas e tudo isso é mostrado em câmera lenta, inclusive eles mesmos cantando. Dá um efeito super legal, pois vemos pessoas, frutas, bebidas e outros itens voando lentamente de um lado a outro da televisão, até um urso de pelúcia não escapa da fúria desses festeiros.


7º lugar - We Are Never Ever Getting Back Together (Taylor Swift)



Ao contrário do que aconteceu no caso de "Payphone", "We are never ever getting back together" eu prefiro na versão "filme" do que na versão "letras". É tão divertido ver as pessoas que tocam os instrumentos vestidas com roupas de animais e fazendo uma coreografia que quando você percebe a outra versão do vídeo, com as letras, para mim, perdeu a graça. A música é muito fofa, assim como tantas outras da Taylor, embora eu não seja fã, confesso que é gostosinho ficar ouvindo de vez em quando.


6º lugar - Blow Me (One Las Kiss) (P!nk)



A P!nk sempre costuma exagerar nos seus clipes, o que os deixa engraçados; com "Blow Me (One Last Kiss)" não é diferente. Todo em preto e branco, torna-se apenas um jeito "clássico" de demonstrar a revolta dessa cantora ao demonstrar o quanto tem azar na vida amorosa, mas que, de alguma forma, consegue dar a volta por cima. Ah, e um detalhe: o clipe, embora em preto e branco, realça as cores vermelhas, o que dá um certo charme a mais. Curto muito as músicas e alguns clipes da P!nk e a batida de Blow Me também é super agradável.


5º lugar - Call Me Maybe (Carly Rae Jepsen)



Provavelmente um dos vídeos mais famosos do ano (e um dos mais irritantes), "Call me Maybe" é aquela música que grande parte dos famosos já cantaram, já fizeram vídeos e já coreografaram a torto e a direito. Mas o clipe não deixa de ser bonitinho e engraçado, afinal, uma garota que sonha com seu vizinho em cenários de romances de banca e tenta conquistá-lo fazendo charme ao lavar o carro para depois descobrir que seu alvo, na verdade, joga no outro time. Sem contar que a música é chiclete e vai ficar na sua cabeça, principalmente se todos os dias em que você ligar o rádio, ouvi-la pelo menos uma vez. Completamente inevitável.


4º lugar - 50 Ways to Say Goodbye (Train)



Um dos clipes mais engraçados desse ano conta a história de um cara que terminou o namoro, mas é péssimo em contar isso a outras pessoas e, por isso, fica inventando jeitos de dizer que a namorada morreu. Grande parte do clipe se passa em um supermercado, com direito a músicos mexicanos na seção de azeitonas, as lamúrias na seção de vegetais e de carnes e até uma ajudinha para a Morte durante suas compras. É simplesmente inevitável não começar a cantar junto, enumerando as desculpas, uma melhor que a outra.


3º lugar - Some Nights (Fun)



Com uma batida incrível e um clipe que aparenta ambientar uma guerra civil, essa é minha outra favorita do trio Fun. O aspecto de época, a letra, o ritmo, tudo é apaixonante, daqueles em que você aumenta o volume e ergue o punho no ritmo. Simplesmente demais.


2º lugar - Love is Easy (McFly)



Um clipe super fofo da minha banda preferida, McFly, confesso que estava com receio sobre o que viria. Principalmente a respeito do ukulele. Mas foi um super clipe sobre uma verdadeira volta ao tempo na carreira da banda, com direito às capas dos discos representadas e alguns elementos de videoclipes, prêmios conquistados e tudo de uma forma divertida e brincalhona. Ao final, uma homenagem aos fãs que é realmente a força que os ajudou a chegar até ali. Ficou super legal!


1º lugar - Gangnam Style (PSY)



E é claro que o clipe mais falado do ano não poderia ficar de fora da minha lista. Eu até que demorei a saber que música era essa que todo mundo comentava, sobre a qual eu via piadinhas por todo lado. E quando assisti, foi muito engraçado. Até hoje, quando vejo no Multishow, no VH1 ou no meu celular a reação é a mesma: rir. Um clipe meio exagerado, mas que soube ganhar espaço pelas extravagâncias. Digamos que PSY acertou em cheio e virou um fenômeno. Combinem a coreografia de "Gangnam Style" com a de "Call Me Maybe" e terão a febre de 2012 em um só lugar. Impossível não terminar fazendo a dancinha do cavalo ou o passinho lateral.


Algum videoclipe que vocês curtiram em 2012 e não está na lista? Não deixem de comentar!


5 comentários:

Clara Beatriz disse...

Amo Payphone! Serio? eu amei We Are Young assim que ouvi, viciei nessa música! Adoro ela! Eu viciei em Call Me Maybe também, mas confesso que já estou enjoada da música!

Fernanda Faria disse...

Adorei as escolhas que você fez. PSY tinha que estar em primeiro lugar, com certeza. hahaha! Mas as minhas favoritas são Payphone,We Are Never Ever Getting Back Together e Some Nights . Eu ainda não tinha visto o clipe do Train, achei muitooo engraçado. kkkkkkkkk

Layse Hana disse...

Ainda bem que o mundo não acabou!

Adoro a banda Fun e a musica We Are Young é bem legal!

xoxo

Thaynara ribeiro disse...

Amoooo Taylor!!!! Ela é incrível e canta muito, não curto Psy e não aguento mais ouvir a música dele. rsrsrs esse ano fiquei mais ligada em músicas nacionais então não conhecia a maioria das músicas.

Amanda Valverde disse...

Otimas bandas! *-*

amanda.valverde2@hotmail.com