quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

#Resenha: Diário de um Banana - Jeff Kinney

Oi gente!

Desculpem a falta de atualizações, estou enlouquecendo lentamente com essa coisa de tirar carteira de motorista. Felizmente passei na prova teórica e já estou apta a começar as aulas práticas de direção. Vamos que vamos!
Hoje vocês conferirão os três posts que deveriam ter ido ao ar desde segunda-feira. Aproveitem!

Diário de um Banana #01 - As Memórias de Greg Heffley
Autor: Jeff Kinney
Editora: Vergara e Riba
Número de páginas: 218
Sinopse: "Não é fácil ser criança. E ninguém sabe disso melhor do que Greg Heffley, que se vê mergulhado no ensino fundamental, onde fracotes subdesenvolvidos dividem os corredores com garotos que são mais altos, mais malvados e já se barbeiam.
Em Diário de um Banana, o autor e ilustrados Jeff Kinney nos apresenta um herói improvável."



Exatamente como fiz várias vezes, meu parâmetro ao ler Diário de um Banana era apenas o filme (confira a indicação aqui). Infelizmente eu não consegui comprar a edição de capa dura, pois estava um pouco cara e, achando que conseguiria a mesma versão comprando pelo catálogo da Avon, acabei adquirindo a edição de bolso e por um preço bem mais em conta. Nada contra, o livro é super bem feito, mas quando tenho a oportunidade de ter livros de capa dura na minha estante, o farei com certeza.
Mas voltando ao livro, nesse primeiro volume somos apresentados a Greg Heffley, um garoto que acabou de entrar no que, aqui, chamamos de Ensino Fundamental II, e volta à escola chocado com as mudanças que seus colegas sofreram durante o verão (lembrando que, nos Estados Unidos, o ano escolar é totalmente diferente do nosso, iniciando em Setembro). Ele, portanto, está determinado a fazer dessa nova fase um ponto de partida para que ele possa evoluir socialmente falando.
Embora seja novo, Greg quer começar a escrever suas memórias para que, segundo ele, quando ficar rico e famoso, possa ter algo realmente interessante para dizer em entrevistas. Então, ele começa apresentando sua família, composta por: seus pais, o irmão mais velho, Rodrick, e o mais novo, Manny; além de comentar um pouco sobre sua rotina e os colegas de sala. Preciso chamar a atenção logo de cara para as ilustrações que são muito legais!
Como podemos perceber pela capa, são traços simples e, até mesmo, engraçados. Quero dizer, a proporção em que o autor desenha, por exemplo, o irmão mais novo de Greg é inesperada. E esses desenhos acompanham, inclusive, todo o primeiro filme que se refere a esse primeiro volume da série. Sei que não se deve comparar o filme com o seu livro, mas nesse caso, encontrei tantas semelhanças (porque, convenhamos, nem é um livro tão complexo assim para ser convertido em roteiro) que ficou impossível não me lembrar dele conforme via as ilustrações e, inclusive, o texto.
Possuem algumas diferenças e, nesse caso, preferi ficar com os detalhes do livro que acabam sendo menos estressantes, embora eu tenha desenvolvido o mesmo nervosismo em relação à mãe do Greg. Eu já havia visto essa situação de "filho do meio" em A Garota Americana (confira a resenha aqui) e o que posso dizer é que é uma situação complicada. Com o Greg não é diferente: enquanto Rodrick é o mais velho, preguiçoso, Manny é o mais novo e nunca leva a culpa por nada. Sobra tudo para o Greg e é como se ele tivesse culpa de tudo, a verdade é que todas as responsabilidades caem em cima dele e a mãe acaba cobrando uma reação do Greg. Isso me deixa profundamente irritada ao mesmo tempo em que me faz agradecer por ser filha única.
A leitura é rápida, divertida e indicada para todas as idades. Um atrativo a mais são as ilustrações, que divertem e tornam a leitura fluida. Definitivamente vou comprar a outra versão desse primeiro volume e continuarei a me divertir com as trapalhadas de Greg Heffley.

Nota:


12 comentários:

Gabriel disse...

Oie :)

Eu tenho essa coleção é adorooo , OHH sério que da Avon é edição de bolso quase que eu comprei uma vez kkkkk mais adoro minhas capas duras , beijos e boa sorte com a carteira :)

euvivolendo.blogspot.com ( comenta lá :D )

Letícia Andrade disse...

Tenho preguiça de ler esse livro, mesmo parecendo engraçado kkkkk
beeeijo!

Priscila Barros disse...

Ah, só eu não me interessei em ler ele até hoje, kkkkkkkkkkkkk. Acho que tenho problemas com livros conhecidos.

Ana Paula Barreto disse...

Concordo com o comentário da Letícia! Também tenho MUITA preguiça de ler este livro, apesar de parecer super engraçado e divertido.
Não sei se me convenço de que não é um livro para outras faixas etárias, que não a minha. Quem sabe não perco este preconceito bobo um dia! rs
bjs

Kelry Caroline disse...

Eu sempre tive vontade de ler Diario de uma Banana, confesso que gostei da serie só por conta que é capa dura kkkkkk. Mas sempre gostei.




Ps: boa sorte na direção.

alice aguiar disse...

eu quero ler essa serie do diario
só nao comprei pq deu problema na amazon ;w;
adorei a resenha

Gladys Sena disse...

Deve ser divertido, mas procuro outras leituras no momento, ;)

Fernanda Faria disse...

Eu ainda não li o livro, e nem vi o filme que fizeram. Meu irmão assistiu o filme disse que é bem divertido, então eu fiquei muito curiosa em relação ao livro, quando eu tiver uma oportunidade, vou comprar com certeza.
beijos

LehhMolon disse...

Esses dias quase comprei os 6 primeiros livros da série, o que me fez desistir é saber que tem mais do que 6, rs.
Não gosto de comprar séries pela metade, afinal, os descontos bons na net só vem com a série completa...
Enfim, sou bem curiosa com essa série, gosto de livros assim, meio infantis, divertidos, com essa coisa de escola e conflitos entre irmãos, acho que é uma leitura bem levinha e boa.
Gostei da resenha =D

Um dia eu ainda quero ler a série toda!

Beijos
Letícia
Animus Book

barbara paiva disse...

gostei bastante, achei divertido e interessante , e vc deu 5 estrelas, adorei!

Amanda Valverde disse...

Acho esse livro uma graça, não me canso de ler ele! Até minha mae adora kkk

JessicaLisboa disse...

O livro parece ser uma grança quando se le, serio to super a fim de lelo agora!