segunda-feira, 19 de agosto de 2013

#Resenha: Card Captor Sakura 08 - CLAMP

Card Captor Sakura #08
Autores: CLAMP
Editora: JBC
Número de páginas: 192

"A turma da escola está fazendo ursinhos de pelúcia para presentearem pessoas queridas. Sakura, com dificuldades de terminar o seu, é auxiliada pelo enigmático Eriol, enquanto Shoran fica confuso sobre dar o seu de presente para a Sakura, se perguntando se os sentimentos que tem por ela não são parecidos com os que tinha por Yukito. Sakura entrega o seu ursinho para Yukito, mas o brinquedo ganha vida e toma proporções colossais, causando destruição na vizinhança. Como você vai resolver essa, Sakura?!"

Resenhas anteriores:

Mais um volume, mais um passo na história e mais uma aproximação do final. Eu fico impressionada com o rumo que está seguindo a história e ainda mais apaixonada pela Sakura e sua turma. É tudo tão fofo que simplesmente ler um volume acaba sendo um enorme passatempo, tão divertido e cheio de "Awn"s que é impossível encontrar uma desculpa para ignorá-los, a não ser a de que não quero que a série termine.
Estou adorando ver a evolução rápida do Shoran em descobrir seus sentimentos, finalmente focalizá-los para a pessoa correta e suas reações exageradas e envergonhadas são muito divertidas! Sakura, por outro lado, apesar de estar evoluindo na magia, parece estagnada no "ai ai ai Yukito" e por isso ignora muitas das bandeiras que o Li dá e que nós, leitores, tanto torcermos para ver funcionarem.
Yue está tendo cada vez mais dificuldade em manter seu disfarce, Yukito, saudável e até mesmo Touya percebe as mudanças no amigo. Esse é outro ponto que eu acho muito legal, descobrir que o irmão mais velho da Sakura não é só um cara irritante que adora implicar com ela; não, ele sabe de muita coisa, também existe um poder nele. E essa relação dele com o Yukito é bem peculiar, eu ainda prefiro achar que são só dois amigos muito próximos e aguardar qualquer desenrolar do que já sair falando o que dá pra absorver, pode ser só a minha cabeça.
E este guardião está ganhando espaço, suas aparições nesse volume foram decisivas para que me fizesse gostar mais um pouco dele. Yue ainda pode ser estranho, calado, reservado e muito sério, mas tem intervenções fundamentais. O mesmo não acontece, no entanto, com a crescente participação de Eriol. Ah, não. Eu ainda o acho um verdadeiro chato. Sua interferência no mundo de Sakura, claro, é um atrativo enorme e me deixou bem ansiosa.
Antes, Sakura lidava com as Cartas Clow, o que nem sempre significava um perigo real, um adversário, mas com Eriol em cena, as apostas elevam-se e a inquietação toma conta. Para alguém tão jovem, logo percebemos um quê de perversidade bem complexo nesse garoto. E seus acessórios parecem tão irritantes quanto, principalmente a garota (eu nem faço questão de lembrar o nome dela) que é como um correspondente ao Yukito, só que do lado negro da força, se é que me entendem.
Essas novas forças, bem mais sombrias, acendem uma nova chama de expectativa e reavivam os ânimos para novos desfechos, mesmo que estejamos caminhando para a reta final. Depois de terminar mais esse volume, fiquei muito ansiosa pelo o que ainda está por vir, mas, ao mesmo tempo, preciso puxar o freio, já que não quero que termine. Nunca!
É tão bom quando lemos uma série na qual vamos nos animando conforme avançamos. Torna-se ainda mais especial quando em nenhum volume nos decepcionamos. Eu estou curtindo desde o começo e cada vez amando ainda mais. É uma série que, com certeza, relerei várias vezes e nunca deixarei que seja esquecida.
Se você procura uma história sem stress, fofa e divertida, Card Captor Sakura é a melhor das opções. Além do mais, a leitura de mangás é bem interessante e uma ótima experiência para os fãs de gibis e histórias em quadrinhos em geral. É um novo conceito de histórias em quadrinhos e que vale a pena conferir!


Nota:


5 comentários:

Nanie disse...

Amo, amo, amo Sakura *-*
As capas são tão lindas, né?! Eu tenho um milhão de imagens da Sakura no meu computador!
Aliás, meu Wallpaper agora é da Sakura com o Shoran :)


Beijos,
Nanie

ELIZABETH MACHADO DE SALLES disse...

Não conhecia a Sakura, mais vou procurar por histórias dela. Agora que você falou tão bem dela, vou na onda. Beijos.

Michelli Santos Prado disse...

Não conhecia os livros, mas achei bem interessante...Não sou acostumada a ler gibis mas é sempre bom variar o tipo de leitura!!

Vanilda Procopio disse...

Não tenho lido muito nesse estilo ultimamente, mas acho muito bacana. Apesar de não acompanhar as aventuras de Sakura, acho que ela tem uma legião de fãs.

Adriana disse...

Quando era criança lia muito gibis, mas agora nunca li um mangá sequer, acho que ta na hora de experimentar essa novidade pra mim, adorei a historia, quem sabe um dia eu possa le-la também! :)