domingo, 23 de março de 2014

"I got #News for you..." 122.1


Grupo Editorial Autêntica

Lançamento: Revivente

Título: Revivente - E se você vivesse sua vida mais uma vez? E mais uma? E mais uma...
Título original: Replay: What If You Could Live Your Life Over Again? And Again? And Again?
Autor: Ken Grimwood
Tradução: Rodrigo Seabra
Páginas: 320
Editora: Editora Gutenberg
Editora origem: William Morris Endeavor Entertainment, LLC
Área temática: Adulto, Ficção
Preço: R$ 37,90

Jeff Winston é um jornalista de rádio de 43 anos, que está preso em um casamento fracassado e um emprego sem futuro. Ao sentir uma forte dor no peito, morre instantaneamente. Momentos depois, acorda em 1963, em seu quarto da época de faculdade, com 18 anos novamente, e lembrando-se perfeitamente de tudo o que aconteceu. Sem entender o que está ocorrendo, a única coisa que sabe são os fatos de sua vida e do mundo que se repetirão, inclusive o dia de sua morte. As dúvidas invadem sua mente: o que fazer dessa “nova” vida? Cometer os mesmo erros ou fazer tudo diferente? Deixar que os grandes desastres da história aconteçam ou tentar interferir? Nesta surpreendente e premiada obra, que foi inclusive inspiração para o filme “Feitiço do tempo” (Groundhog Day), é uma aventura emocionante que desafia os limites do tempo.

Sobre o autor

Nasceu em 1944, em Dothan, Alabama. Formou-se em Psicologia em 1970 pela Bard College. Trabalhou durante muitos anos como jornalista de rádio e teve seus primeiros livros publicados. Em 1988, passou a se dedicar exclusivamente à escrita, ano em que lançou este livro, com o título original de Replay. Entre outras obras, é autor de Breakthrough, Two Plus Two, sob o pseudônimo de Alan Cochran, e Into the Deep. Morreu em 2003, aos 59 anos, de ataque cardíaco, em sua casa em Santa Bárbara, na Califórnia, enquanto escrevia a continuação de Replay, nunca terminada.

Lançamento: O Brilho das Sombras

Título: O brilho das sombras - A história real de um homem que voltou do coma com talento para a arte (e
o que a ciência tem feito para entender o cérebro humano)
Título original: Shadows Bright as Glass
Autora: Amy Ellis Nutt
Tradução: Nilza Laíz
Páginas: 240
Editora: Editora Gutenberg
Editora origem: Free Press
Área temática: Biografia & Memórias, Não-Ficção
Preço: R$ 37,90

Em uma tarde ensolarada de outono, ao se curvar para pegar uma bola de golfe, algo estranho aconteceu a Jon Sarkin. Por uma razão inexplicável, um pequeno vaso sanguíneo em seu cérebro, fino como um fio de cabelo, se moveu de repente. Um ruído excruciante passou a atormentá-lo, e a busca por paz o levou a uma agressiva cirurgia cerebral, cuja recuperação teve graves complicações.
Dentre as muitas sequelas, Sarkin sofreu uma mudança radical na sua personalidade e na percepção de si mesmo. Fazer arte se tornou sua ponte de volta à vida, um meio de reunir os fragmentos de seu “eu anterior”, algo para trazer-lhe de volta uma existência possível.
Ao mesmo tempo dolorosa e inspiradora, esta é uma história sobre a notável capacidade humana em superar os obstáculos mais difíceis e sobre o funcionamento extraordinário da mente humana.

Sobre a autora

É formada em Filosofia e Língua Inglesa, e possui dois mestrados no M.I.T. em Filosofia, além de ser mestre em Jornalismo pela Columbia University. Foi finalista do Pulitzer em 2009 pela série de artigos sobre Jon Sarkin que deu origem a este livro, e, em 2011, recebeu esse mesmo prêmio por seu artigo sobre o misterioso naufrágio de um barco de pesca comercial no Oceano Atlântico. Em sua carreira como escritora, ganhou diversos prêmios, incluindo o Pinnacle of Excellence Award, da American Association for the Advancement of Science, em 2004, e o primeiro lugar na categoria Nondeadline Writing da American Society of Newspaper Editors, por uma série de cinco histórias científicas publicadas na The Best Newspaper Writing de 2013. Foi por muitos anos jornalista da Sports Illustrated e atualmente escreve para o The Star-Ledger. Nasceu em Staten Island, Nova York, e mora em Watchung, Nova Jersey.


Lançamento: Então, Conheci Minha Irmã

Título: Então, conheci minha irmã - A morte as separou, um diário as uniu
Título original: ...Then I Met My Sister
Autora: Christine Hurley Deriso
Tradução: Cristina Calderini Tognelli
Páginas: 240
Editora: Editora Gutenberg
Editora origem: FLUX
Área temática: Ficção, Juvenil
Preço: R$ 34,90

Summer Stetson não conheceu sua irmã. Sua mãe engravidou dela assim que Shannon morreu, aos 17 anos, em um terrível acidente de carro, que se chocou com uma árvore. Ao longo de sua vida, Summer acostumou-se a assistir seus pais repetirem o quanto a irmã era perfeita, amada e boa filha, e por isso sempre acreditou que fosse uma decepção para eles. Ao fazer 17 anos, recebe da tia de presente o diário que Shannon escrevia até o dia de sua morte. Ao ler aquelas páginas para saber mais sobre a irmã, acaba descobrindo alguns segredos, e a cada revelação, sobre a família e sobre si mesma, entende que a verdade pode ser, por vezes, dolorosa, mas nunca deixará de ser libertadora.

Sobre a autora

Mora em North Augusta, na Carolina do Sul, nos Estados Unidos. Formou-se em Jornalismo na Universidade de Georgia, em 1983, e escreve profissionalmente há quase trinta anos.

“Meu processo de escrita mudou muito pouco desde que comecei a escrever as histórias que eu imaginava, quando tinha por volta de 6 anos de idade, o que é muito curioso. As ideias chegam e enchem minha mente reclamando, implorando e até fazendo bullying para que eu preste atenção a elas. Algumas vezes, são tão simpáticas que quero abraçá-las; em outras, são tão chatas que eu exclamo: “Como assim?”. De qualquer maneira, não consigo mais ficar longe delas. Parece até que têm existência própria. Sinto-me mais como um recipiente que dona. Sucumbir à insistência dessas ideias que fluem por mim é muito alegre, e também totalmente involuntário. O que mudou, desde que eu era uma criança (espero), é meu conhecimento, minha visão, minha coragem e meu bom senso para moldar essas ideias em algo significativo, mesmo e especialmente que isso seja um pouco assustador. Obrigada por compartilhar essa experiência comigo neste livro.”


Lançamento: Garfield

Título: Garfield - Volume 1
Autor: Jim Davis
Tradução: Ana Cristina Rodrigues
Páginas: 112
Editora: Editora Nemo
Editora origem: BOOM! Studios
Preço: R$ 29,90


O gato voltou! Coloque suas patas na estreia das novas aventuras e trapalhadas de Garfield. O gato gordo, Odie, Jon, Nermal e o resto da turma estão servindo gargalhadas e lasanhas, graças ao escritor Mark Evanier e ao atual desenhista das tiras diárias da série Garfield, Gary Barker. Feita para agradar fãs de todas as idades, esta coletânea de HQs é a cura certa para aquela tristeza de segunda-feira.


Lançamento: O Mundo de Edena vol. 3

Título: O Mundo de Edena 3: A Deusa
Título original: Le Monde d'Edena - 3. La Déesse
Autor: Moebius
Tradução: Fernando Scheibe
Páginas: 88
Editora: Editora Nemo
Editora origem: Casterman

A saga dos viajantes espaciais Atana e Stel, criada por Moebius, ganha um novo volume com O Mundo de Edena 3: A Deusa. Neste lançamento da Editora Nemo, sabemos sobre o destino da bela Atana, que enfrenta perigos em busca da revelação de seu verdadeiro papel nessa trama. Capturada por um grupo de estranhos humanos que vive em um local chamado “Ninho”, ela acaba se vendo frente a frente com a maligna entidade denominada “Paterna”. Esse encontro terá grandes consequências para Edena e revelará um mistério envolvendo a corajosa Atana. Uma belíssima HQ para se apreciar e também refletir!

Sobre o autor


Moebius é o criador de uma obra absolutamente original e inovadora. Dono de um traço inconfundível e também incrivelmente mutável, esotérico e surrealista, futurista e atemporal, inimitável e muito copiado, um gênio da luz e do espaço, ele mudou definitivamente a história dos quadrinhos e das artes visuais na segunda metade do século 20.


Lançamento: ABCenário

Título: ABCenário
Autores: Alex Lutkus, Leo Cunha
Ilustração: Alex Lutkus
Páginas: 32
Editora: Autêntica Editora
Faixa etária: a partir de 6 anos
Preço: R$ 29,00

Os desenhos do livro ABCenário, de Alex Lutkus, abrem, creio, uma janela nova no rico panorama dos livros ilustrados brasileiros. Para além da técnica primorosa, são imagens que remetem à metáfora visual, misturam realismo com surrealismo, técnica com poesia e, assim, acabam por criar situações inventivas, inesperadas e insólitas. Enquanto isso, os textos de Leo Cunha surgem como comentários bem-humorados, poéticos e ligeiros que dialogam e brincam com as ilustrações, dando a elas novos e ricos significados. Como resultado, a conversa entre os desenhos e os textos consegue virar o velho e bom alfabeto de cabeça para baixo. Que legal que leitores de qualquer idade possam ter nas mãos um livro como este!

Sobre os autores

Alex Lutkus

Sou designer e ilustrador desde 1976, mas ABCenário é o meu primeiro livro para crianças.
Até hoje, já criei milhares de imagens para revistas, capas de livros e até mesmo para projetos da NASA e da ESA, agências que comandam os programas espaciais dos Estados Unidos e da Europa. Será que isso me ajudou a inventar os ETs desse livro?

Leo Cunha

Em 2011, eu comemorei 20 anos de literatura. Nesse período, publiquei mais de 40 livros para crianças e adolescentes. Em quase todos, eu escrevi o texto e depois fiquei esperando, ansioso, o que o ilustrador iria criar a partir da minha prosa ou poesia.

Agora, no ABCenário, a história se inverteu: o Alex criou primeiro as imagens e depois eu cheguei para “ilustrar com palavras”. E que desafio foi esse! Uma mistura de matemática e magia, como diz um dos poemas do livro.


Lançamento: O livro dos grandes opostos filosóficos

Título: O livro dos grandes opostos filosóficos
Autor: Oscar Brenifier
Tradução: Beatriz de Almeida Magalhães
Ilustração: Jacques Després
Páginas: 80
Editora: Autêntica Editora
Faixa etária: a partir de 14 anos
Editora origem: Nathan
Coleções: Filô Ideias
Preço: R$ 38,00

Desde muito pequenos, aprendemos sobre os opostos.
Desde a mais tenra idade, descobrimos que as ideias se opõem, e que compreendemos uma ideia por causa da outra: alto é o contrário de baixo; quente, de frio; escuridão, de claridade.
Quando crescemos, nosso pensamento se torna mais sutil, é capaz de entender noções mais abstratas, ideias mais complexas. Mas ainda tem necessidade de opostos. Pois são essas grandes oposições universais que estruturam nosso espírito, que permitem, seja a uma criança grande ou a um grande filósofo, refletir. Como pensar no espírito sem o opor ao corpo, no infinito sem o opor ao finito, no ser sem o opor à aparência? Sem opostos, sem contrários, não podemos pensar.
Este livro apresenta doze pares de opostos, primeiro definidos pelo que os opõe, depois ligados por uma pergunta e sua resposta, que mostra em que cada um tem necessidade do outro.
As ilustrações fascinantes que acompanham essas etapas dão corpo e vida às ideias, pois o pensamento se nutre de imagens, como o abstrato se nutre de seu contrário, o concreto.
Um livro para contemplar, um livro para pensar, um livro único…

Sobre o autor


Doutor em Filosofia e educador francês, trabalhou em inúmeros países promovendo ateliês de filosofia para adultos e de prática filosófica para crianças. Publicou, para adolescentes, a coleção L’Apprenti-Philosophe (O Aprendiz de Filósofo), pela Editora Nathan, e o livro Question de logiques! (Questão de lógicas!), pela Seuil Jeunesse. Para crianças, lançou as coleções PhiloZenfants (FilôCrianças), também pela Nathan, traduzida em diversas línguas, e Les Petits Albums de Philosophie (Pequenos Álbuns de Filosofia), pela Autrement, assim como os manuais para educadores Enseigner par le débat (Ensinar pelo debate), pela CRDP, e La pratique de la philosophie à l’école primaire (A prática da filosofia na escola primária), pela Sedrap. É um dos autores do relatório da Unesco sobre a filosofia no mundo: La philosophie, une école de liberté (Filosofia, uma escola de liberdade).


Lançamento: O livro dos grandes opostos psicológicos

Título: O livro dos grandes opostos psicológicos
Título original: Le livre des grands contraires psychologiques
Autor: Oscar Brenifier
Tradução: Beatriz de Almeida Magalhães
Ilustração: Jacques Després
Páginas: 64
Editora: Autêntica Editora
Editora origem: Nathan
Faixa etária: a partir de 14 anos
Coleções: Filô Ideias
Preço: R$ 35,00

Desde a infância, a gente aprende a conhecer a si próprio, ao mesmo tempo que descobre os outros.
Interagimos com pessoas que são como nós e com outras de caráter completamente diferente. Existem os sérios e os brincalhões, os simples e os complicados, os expansivos e os discretos…
Aos poucos, a gente descobre que por trás dessa aparente simplicidade se escondem personalidades complexas e cheias de peculiaridades. Procurar entender, entrar na psicologia desses personagens humanos é dar um grande passo em direção àqueles que podem nos parecer estranhos, mas também em direção a nós mesmos.
Por meio de textos muito simples e de ilustrações magníficas, este livro apresenta dez pares de temperamentos opostos. Dentro de cada par, cada personalidade é definida – primeiro, de forma simples, depois, em todos os seus matizes, suas riquezas e seus excessos.
Esses opostos psicológicos são representados por personagens ao mesmo tempo estranhos e cativantes, fora do tempo e do espaço, com os quais cada um de nós pode se identificar.
Pois mesmo que ninguém nunca seja a encarnação de um único e mesmo caráter, existe um pouco desses personagens em cada um nós.

Um livro para começar a descoberta de si mesmo e dos outros.


Saída de Emergência Brasil

Lançamento: A Filha do Sangue




Confira um trecho abaixo:



Sextante

Lançamento: Adultério



Espero que tenham gostado de mais esse post com os lançamentos do mês e do mês que vem. Ainda tem mais coisa! As novidades praticamente não param de chegar! Ficaremos falidos. rs
Ah, não deixem de comentar também. ;)



8 comentários:

Ricardo Biazotto disse...

Quanta variedade de livros, Vê :o Acho que agora eu entendi porque você disse que dá trabalho reunir tantas novidades na postagem.
Como costuma acontecer sempre, os livros que mais me interessam são os do Grupo Sextante. "A Filha do Sangue" parece ser muito bacana, assim como todos os livros da SdE, então certamente quero ler assim que possível - principalmente por ter o mesmo efeito de "A Corte do Ar", o que combinado com essas cores devem deixar o livro lindo.
Li apenas uma obra do Paulo Coelho, mas se tiver a oportunidade também vou querer ler esse e espero gostar, quem sabe mais do que "Manuscritos Encontrados em Accra".


Beijos, Vê!
Ricardo - www.overshockblog.com.br

Franciele de Santana disse...

Uma salada de estilos bem interessante. Adorei a proposta do livro Revivente, gosto muito da temática de viagem do tempo, mudar ou não mudar a história, vai para a minha lista de leitura, gostei bastante de O brilho das sombras, acabei de ler A Prova do Céu (você já leu?) que tem um pouco a ver com essa história mas aborda a experiência de quase morte, muito interessante a busca dele para nos passar da melhor forma possível como tal experiência é real e que existe algo além do mundo material, super indico, Então, conheci minha irmã, nos traz um tema interessante pois, comumente vc é comparado com alguém e muitas vezes por essa pessoa ser melhor que você, por ser uma pessoa que ainda está nesse mundo, podemos dizer assim já é difícil ser comparado imagine ser comparado com alguém que não está mais entre nós e que as pessoas muitas vezes está sob apenas um ponto de vista que muitas vez é muito idealizado, achei bastante interessante também.
E A Filha do Sangue promete.

Roseneia Santos disse...

Todos livros maravilhosos,admiro Paulo Coelho mais não gosto do gênero!
Beijinsss!

nathalia silva disse...

Já vi em algum canto não lembro aonde a respeito do livro de lançamento da Editora Saída de Emergência, A Filha do Sangue, é um livro aparentemente, inesquecível. Gostaria de saber até mais sobre ele, quem sabe você não possa fazer uma resenha sobre ele. Que tal?

Desbravadores de Livros disse...

Claaaaaaaro que eu escolheria Garfield, né? Seeeeeempre. Eu adoro esse gatinho atrapalhado, folgado e comilão rs.

Veezinha disse...

Dá um mega trabalho mesmo, é de me deixar de cabelos em pé. kkkk
Nunca li nada do Paulo Coelho, embora tenha um livro dele só por causa do título ter um nome parecido com o meu. :P
Quero muito ler A Filha do Sangue, vai ter evento e já me candidatei a mediar. o/ Deve ser muito legal e seria o primeiro livro da SdE que vou ler! Ansiosa para conferir os livros deles.


xx

Veezinha disse...

Nunca ouvi falar, Franciele, mas gostei da sua indicação, vou procurar saber um pouco mais desse livro! Obrigada! ;D
Então conheci minha irmã parece ser uma leitura emocionante, estou super ansiosa por ela! :D


xx

Veezinha disse...

Pode deixar, Nathalia, trarei a resenha de A Filha do Sangue o quanto antes aqui no blog! Também estou muito ansiosa para conferir! ;D


P.S.: Em se tratando de Paulo Coelho, polêmica é certa. kkkkk Nunca li nada dele, mas já ouvi falar que ele aborda uns temas bem polêmicos!


xx