sábado, 19 de abril de 2014

#Indicação - Série: Sleepy Hollow


Sleepy Hollow - Exibida nos EUA e no Brasil pela FOX.
Número de Temporadas: 1 (2ª já confirmada)

Sobre o que fala?

Em 1781, Ichabod Crane morre no meio de uma batalha na Guerra da Independência dos Estados Unidos, em uma missão para o general George Washington. Ele se levanta do seu túmulo na era moderna na cidade de Sleepy Hollow, depois do Cavaleiro Sem Cabeça, chamado de volta de seu túmulo por um estranho. A ressurreição deste é a causa da ressurreição de Crane, devido à mistura dos seus sangues logo depois da decapitação do cavaleiro no campo de batalha.
A tenente Abbie Mills começa a investigar o Cavaleiro após a decapitação do Xerife Corbin, seu mentor e parceiro. A investigação de Mills revela a presença de dois grupos ocultos em Sleepy Hollow, ambos relacionados aos quatro Cavaleiros do Apocalipse. As mortes e os estranhos acontecimentos na cidade, acabam por cruzar os caminhos de Crane e Mills, que vão unir forças para detê-los.

Minhas convicções:

Comecei a assistir Sleepy Hollow por pura curiosidade ao descobrir que seria exibida pela Fox aqui no Brasil há alguns meses. Esqueça a adaptação cinematográfica de A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça. Essa série traz toda uma dinâmica nova acerca do Cavaleiro Sem Cabeça, sua origem e seu verdadeiro propósito na Terra.
Para começar, o sangue do diabólico Cavaleiro está ligado ao de Ichabod Crane, um oficial da Guerra de Independência norte-americana e, quando ele é despertado de seu túmulo debaixo d'água, também faz acordar Ichabod, em um túmulo devidamente protegido. Tendo vivido em 1700, vocês já devem imaginar como será para o antigo militar lidar com as mudanças do mundo moderno, desde o mais simples interruptor de luz até o mais complexo computador.
Ichabod dirige-se à delegacia de Sleepy Hollow e descreve sua situação, tudo o que se lembra do campo de batalha, causando espanto e escárnio nos policiais. Ou ele é um lunático que escapou do hospício ou está fazendo uma brincadeira de muito mal gosto. Mas, quando a tenente Abbie Mills depara-se com um cavaleiro e sem cabeça, que acaba por decapitar seu parceiro, o xerife Corbin, o capitão relutantemente percebe que não pode haver algo como coincidência.
E é assim que Ichabod e Abbie se conhecem. Com seu jeito polido e extremamente ultrapassado, Ichabod rende muitas risadas com seu constante estranhamento acerca do mundo que, para nós, é tão banal. Apesar da constante desconfiança sobre a própria lucidez, tendo vivenciado um momento semelhante quando era criança, Abbie escolhe acreditar na história de Ichabod e juntos, passam a formar uma dupla incrível.
Sleepy Hollow é uma série muito legal e já me apaixonei por ela nos primeiros episódios. Não só pelos momentos engraçados em que Crane tenta acostumar-se à modernidade, como também quando ele não se contém, corrigindo aspectos históricos que todos conhecem de forma errônea. É muito engraçado perceber quanta coisa a História pode equivocar-se ao transmitir a todos nós e Ichabod não hesita em corrigir tudo, achando um absurdo que existam tantos erros no ensino. E ninguém melhor do que ele para saber de tudo o que acontecia na época em que os Estados Unidos reivindicavam a independência da Inglaterra.
Já dá para perceber que o aspecto histórico é profundamente desenvolvido no enredo e essa é uma das coisas que mais me fascina; coloque nessa mistura um tom sobrenatural, uma dupla divertida e, pá!, temos uma série fascinante! Além da própria história norte-americana, o Cavaleiro Sem Cabeça tem outra função: ele faz parte dos chamados Cavaleiros do Apocalipse, que representam a Morte, Fome, Peste e Guerra. Eles estão vindo e triunfarão sobre a Terra, a menos que Abbie e Ichabod os impeçam. Mas eles atuam sob o comando de uma entidade mais poderosa, um demônio que, por algum motivo, tem muito interesse acerca dessa dupla, capaz de mudar o destino da humanidade.
Aos poucos, vamos descobrindo que nada é por acaso e que Ichabod e Abbie têm muito mais em comum do que parece. A série é demais e vale muito à pena! Preparem-se para risadas, sustos e muita torcida para que essa dupla consiga vencer a luta contra o mal!


Onde?

Terças-feiras, na faixa das 22/23h (o horário da série varia toda semana, principalmente se tiver, ou não, um episódio de The Walking Dead antes. É preciso ficar muito atento!), no canal Fox.


Nota:



5 comentários:

Maby disse...

Que legal ^^ Nunca tinha ouvido falar desta serie, deve ser o máximo!
Gosto de serie destes tipos :D

Beijoxxx.
maria-gabriely.blogspot.com.br

Thiago Margarida disse...

Eu topei com essa série sem querer na tv a cabo, pareceu bem legal.
Mas são taaaantas séries =/
Vai pra lista, um dia eu devo ver, né

Michelli Santos Prado disse...

Olá Vê...Não conhecia este seriado, mas achei super bacana sua proposta!!Irei pesquisar mais assim que tiver oportunidade.

Desbravadores de Livros disse...

Não conhecia essa série e fiquei com uma vontade enorme de assistir. Cavaleiro sem cabeça? É comigo mesmo. rs
Adoro séries épicas, ou com morte e sangue.

Veezinha disse...

Ahhhhh Thiago, não a ignore! Aproveite enquanto ela ainda tem apenas 13 episódios e a Fox vai começar a reprisá-la a partir dessa semana! Corre que ainda dá tempo e é muito legal! Tornou-se uma das minhas favoritas. ;D


xx