quarta-feira, 30 de julho de 2014

#Resenha: Emoção - Leslie Kelly

Emoção (Flor da Pele #05)
Autora: Leslie Kelly
Editora: Harlequin Brasil
Número de páginas: 220

"Seis anos haviam se passado desde que Ross Marshall e Lucy Fleming tiveram um Natal muito quente em Manhattan. Nessa época, ele era apenas um cara com corpo definido e um cinto de ferramentas, e ela, uma ousada estudante de fotografa. Alguns natais depois, Ross e Lucy se encontram de novo na festa da empresa cujo dono é ele! Quando o último convidado vai embora, deixando-os sozinhos e presos no escritório por conta de uma nevasca, não demoram a buscar calor no corpo do outro. Sendo que desta vez o sexo é muito mais hot! Eles terão apenas outra transa casual, ou a emoção da surpresa será mais forte do que tudo?"

Compre: Saraiva (e-book) | Submarino

Outras resenhas da coleção:

Leitura recomendada para MAIORES DE 18 ANOS.

Há seis anos, Ross e Lucy conheceram-se em um café que a moça costumava frequentar e passaram um Natal bem íntimo juntos. No entanto, um grave problema na família de Ross forçou-o a deixá-la antes do esperado e, desde então, eles nunca mais tinham entrado em contato. Lucy seguiu com seu sonho de ser fotógrafa, mas Ross teve de abandonar sua paixão pelo trabalho manual com marcenaria para assumir a empresa de seu pai, que ficou muito doente.
Seis anos depois, eles se reencontram quando Lucy é contratada para fotografar a festa de Natal da empresa, agora, de Ross. O reencontro intenso e cheio de lembranças, mas também mágoas, poderá transformá-los de uma maneira inimaginável. Será que eles haviam seguido em frente ou ainda nutriam sentimentos um pelo outro?

"Ela já havia passado por isso uma vez, e exatamente nessa mesma época do ano. De jeito nenhum que estava pronta para um repeteco."
(pág. 13)

Com um passado marcado pela tragédia, Lucy está determinada a ser muito mais determinada e cautelosa quando se trata de seus sentimentos por Ross. Afinal, ele a deixou plantada em seu quarto, saindo às pressas depois de uma noite intensa! Mas é inegável que ele está melhor do que ela se lembrava e, quando eles são obrigados a retornar ao escritório da empresa, porém ficam presos por conta de uma forte nevasca, respostas terão de ser dadas e pode ser que o fogo de seis anos atrás retorne ainda mais intenso e apaixonado.
Ross, dessa vez, não está nada disposto a deixar Lucy partir, afinal, ele jamais sentiu com outra mulher as sensações que ela era capaz de provocar nele. Mais do que nunca, esse executivo bem sucedido está certo de que Lucy não escapará e que ele recompensará os anos separados muito bem, aliás. Resta saber se ambos estarão preparados para deixar o passado que os atormenta para trás e entregar-se à paixão que é explosiva entre eles, que promete trazer não só satisfação, mas também felicidade. A verdadeira felicidade.

"Ela estivera fora a fim de capturar o mundo, uma foto por vez. Ele estivera encapsulado, acorrentado ao passado, devendo muito às pessoas para simplesmente ir embora e viver sua vida do jeito que desejava."
(pág. 43)

Emoção é uma leitura deliciosa que, sendo ambientada na época do Natal, torna o clima ainda mais aconchegante e satisfatório; afinal, o Natal é sempre uma época mágica! Embora Lucy seja marcada pela dor de ter perdido ambos os pais em um acidente trágico e, desde então, tenta colocar os cacos juntos com seu irmão, trocando presentes esquisitos de Natal como forma de apaziguar o sofrimento pela falta que eles fazem, é impossível não perceber o quanto Ross chega para completá-la e começar esse processo de cura.
Intercalando os capítulos entre seis anos atrás e a época do reencontro, vamos aos poucos descobrindo como foi que se conheceram, como passaram sua primeira noite juntos e, desde então, todas as dúvidas que alimentaram a respeito um do outro. É incrível inteirar-se da história lentamente, conseguindo informações de forma gradativa e, então, apaixonando-se ainda mais pela relação que Ross e Lucy possuem.
Apesar de todos os contratempos da vida, eles acabaram por se reencontrar e puderam reacender essa chama, esse amor que vinham cultivando e que sequer sabiam ser tão poderoso e capaz de curá-los.

"Então talvez fosse hora de arriscar. Ver se ele conseguiria recuperar seis anos perdidos. Ver se havia algum jeito de ela perdoá-lo por ir embora... não, por fugir... antes que eles realmente tivessem uma chance de começar alguma coisa."
(pág. 45)

A narrativa é um amor, o livro todo é cheio de fofura e o Natal torna-se o pano de fundo perfeito pelo o que ele representa como comemoração e momento para se passar com as pessoas de quem gostamos e amamos. Percebemos que Lucy ainda sofre com a perda dos pais, mas Ross acaba tornando-se um porto seguro com quem ela pode se abrir e se sentir segura e completa novamente. Seu hábito de trocar os globos de neve mais ridículos que encontrar com seu irmão nessa época torna a história ainda mais divertida e diferente, mais humana.
Embora os livros da coleção Flor da Pele sejam leituras carregadas de cenas quentes e prazer insaciável, não posso deixar de ressaltar que o amor é muito valorizado também. É uma leitura clichê, que você já sabe como irá terminar, mas que, ainda assim, vale muito a pena conferir, pois é impossível não terminar de ler com um imenso sorriso no rosto e um suspiro de satisfação. Eu fiquei particularmente encantada com a leitura de Emoção, pois eu a li bem pertinho do Natal e isso, para mim, fez toda a diferença! Por isso, indico que a leitura seja feita justamente nessa época. Apesar de não termos neve aqui no Brasil, é inevitável nos sentirmos no clima e no espírito natalino.
A autora, Leslie Kelly já tinha entrado para as minhas favoritas com a minha leitura de Lento, que também achei fantástica. Com Emoção, esse favoritismo só se confirmou e, mesmo que os livros tenham uma fórmula que não varia muito, a leitura de todos até agora tem sido divertida, emocionante e muito quente. Sem dúvida, os livros da Flor da Pele cumprem com o seu propósito e são leituras rápidas e práticas, mesmo que encontremos erros de revisão constantes; nada consegue apagar a beleza de cada história, de cada personagem e de como eles encontram exatamente aquele par que os completa, os engrandece.
Leitura mais do que recomendada, principalmente se você gosta de livros com finais felizes, com muitas cenas de sexo e toda aquela fórmula mágica de histórias em que um dos personagens é sempre mais do que perfeito para o outro. Ainda torço para encontrar o meu próprio par perfeito!

"A mulher que ele tinha começado a suspeitar ser a mulher de seus sonhos havia crescido na mesma cidade que ele, e Ross nunca ficara sabendo da existência dela? Aquilo parecia estar errado em algum nível cósmico."
(págs. 141 e 142)

Nota:



4 comentários:

Monica Navarro disse...

Adoro os romances da Harlequin. Por mais que tenha cenas de sexo, o romantismo supera. Adoro finais felizes. O livro Emoção deve ser encantador, por sua história ser na época do Natal.

Roberta G. LivroseCores disse...

Clichês são comigo mesmo. Eu adorei a premissa desse livro, parece ser lindo.
A capa também está muito bonita, e a flor da pele mesmo, rs. Beijos <3

Desbravadores de Livros disse...

Esse livro definitivamente não me conquistou e eu dificilmente leria. Romance é um gênero que não goste, hot então, não é comigo. Sua resenha ficou ótima, Vê, mas a premissa não conseguiu me prender. Dessa vez, passo a leitura.

Andrea Duarte disse...

não curti muito o livro não. :/ Não sei se é porque não to no clima para livros do tipo ou sei lá. Mas não me atraiu. Deixo pra quem gostou .
bj, dréa