domingo, 7 de setembro de 2014

#Indicação - Filme: Universidade Monstros


Universidade Monstros (Monsters University) - 2013

Mike Wazowski (Billy Crystal) e James P. Sullivan (John Goodman) são uma dupla inseparável em Monstros S.A., mas nem sempre foi assim. Quando se conheceram na universidade, os dois jovens monstros se detestavam, com Mike sendo um sujeito estudioso, mas não muito assustador, e Sulley surgindo como o cara popular e arrogante, graças ao talento inerente para o susto. Após um incidente durante um teste, os dois são obrigados a participarem da mesma equipe na olimpíada dos sustos. A equipe, por sinal, é formada por uma série de monstros desajustados, para o desespero de Sulley, acostumado a conviver com os caras mais populares da escola.


Compre: Saraiva | Submarino

Universidade Monstros é o filme que veio depois de Monstros S.A., mas que se passa em uma época anterior a ele. Confuso? Mas está na moda. Vários universos que já foram apresentados em filmes e animações estão tendo suas histórias contadas desde o começo por filmes posteriores. Confesso que não sou muito fã desse tipo de prequel, mas, sendo fã das animações da Disney/Pixar, resolvi dar uma chance, ainda mais por gostar muito de Monstros S.A.
Enquanto no outro acompanhamos a amizade divertida de Mike e Sulley colocada à prova quando descobrem que uma criança, ao contrário das crenças, não é tóxica e passam a ir contra tudo e todos a fim de protegê-la de um maligno plano se desenrolando na empresa Monstros S.A., neste, esses dois monstros sequer se conhecem! O foco está muito mais voltado para Mike Wazowski e isso podemos perceber desde o começo, quando o acompanhamos desde que era bem pequeno, numa visita da escola à grande empresa que, futuramente, seria seu local de trabalho.
Uma pequenina bolinha verde ciclope, Mike nunca foi muito querido. Quando criança, ele tentava enturmar-se, mas as outras "crianças" não eram muito receptivas. Entretanto, ele sempre soube se virar e foi nessa visita à Monstros S.A. que ele decidiu, após um incidente, que queria ser um assustador. Muito esforçado, Mike entra na Universidade Monstros determinado a arrasar no programa de susto e tornar-se um dos melhores assustadores. Tendo o nerd e tímido Randy (isso mesmo, o Randall, o lagarto camuflado do mal) como colega de quarto, Wazowski não demora a cruzar seu caminho com James P. Sullivan, cujo pai é um grande e renomado assustador.
Com fama de típico popular despreocupado, que está lá só para cumprir tabela, bagunçar e se divertir, Sulley acha graça no fato de Mike estudar tanto para algo que é tão simples e natural para ele. Contrariado, o pequeno decide mostrar para o grandalhão o quanto pode ser bom como um Sullivan. E, como sempre vemos em filmes ambientados numa universidade, não podiam faltar as famosas irmandades e o sistema grego.
Os jogos de susto estão para começar e, depois de causar uma enorme confusão, Mike e Sulley precisarão unir forças para tentar provar que são alunos de susto e que podem ser os melhores. Para isso, eles juntam-se à irmandade Oozma Kappa, que consiste nos membros mais improváveis e variados possíveis, para poderem participar dos jogos. O disciplinado Mike decide transformá-los em verdadeiros competidores e sua liderança tratará de colocar até mesmo o despretensioso Sulley nos eixos. Como pode dois monstros com pensamentos tão diferentes tornarem-se amigos inseparáveis?
Confesso que, na primeira vez em que assisti à Universidade Monstros, eu não gostei logo de cara. Era uma proposta batida, mostrar como tudo começou, no cenário universitário com o que há de mais clichê: populares, excluídos, nerds, irmandades e tudo o mais. Entretanto, conforme fui assistindo mais vezes, peguei certo apego pela animação. Toda a luta de Mike e o esforço que ele dedica para ser o melhor aluno de susto, além do já tão conhecido bullying enfrentado não só por ele, mas por toda a equipe Oozma Kappa durante os jogos de susto é algo que chama a atenção, apesar de tão comum em filmes nesse cenário.
Afinal, me diverti bastante, apeguei-me aos personagens, alguns já conhecidos, outros novos. A Pixar, como sempre, foi muito cuidadosa ao encaixar todos os detalhes que vemos em Monstros S.A., até mesmo explicar a implicância de Randall com Sullivan e toda a mudança do lagarto de nerd deslocado a malvado. Mike deu outra impressão e, de chato preocupado consigo mesmo e em aparecer, passou a monstro esforçado e determinado que foi sempre subestimado e maltratado por não ser o que se espera de um assustador.
Como uma animação, Universidade Monstros cumpriu com sua proposta, sendo um filme divertido e com muitas lições a ensinar, além de ressaltar a importância do trabalho em equipe e da autoconfiança. Embora não tenha me conquistado de primeira, fiquei feliz por insistir em assistir de novo, e de novo, e de novo, até que eu curtisse a ponto de esperar pela próxima vez que fosse exibido na TV.


Então, se você é fã da Pixar, do trabalho deles com animações e, principalmente, do universo de Monstros S.A., não deixe de conferir Universidade Monstros e se divertir com mais aventuras dos atrapalhados Mike e Sulley, além de conhecer o mundo dos monstros mais a fundo. Não é a melhor das animações, mas vale à pena assistir!

Classificação:



6 comentários:

Bianca Aguiar disse...

Ainda não assisti esse filme, mas pretendo assistir em breve! Eu adorei o primeiro e, assim como você, eu não quis assistir esse segundo logo de ara. Não gostei da ideia de universidade, mas agora, lendo sua resenha sobre o filme, parece que é bem divertido! Achei engraçado ter o Randall como nerd :D Acho que vou gostar de ver como ele ficou tão malvado!

Beijos xx

http://livros-nerdices-tudomais.blogspot.com.br/

Gladys Sena disse...

Ah eu assisti e curti bastante.
Achei bem legal o enredo, explica algumas coisas que vemos no primeiro filme, bem legal mesmo!

Nathalia Simião disse...

Oi Vê. Eu gostei bastante desse filme, apesar de preferir o Monstros S.A ainda. Passa uma mensagem bonita pras crianças que assitem e o Mike era fofinho quando era criança *-*

Bia disse...

Muito bom esse filme *-*

David Galan disse...

Ainda prefiro Monstros S.A, gostei de conhecer um pouco mais sobre os amigos monstros e a fábrica de sustos, esperava mais também, pelo menos pudemos saber mais sobre a relação de amizade entre Mike e Sulley que não se iniciou da melhor forma possível, mesmo assim é uma boa animação.

Desbravadores de Livros disse...

Monstros S.A. foi um filme que marcou minha infância e que tenho um carinho até hoje. Até por isso eu não assisti Universidade Monstros até hoje, tenho medo de me decepcionar.
Eu gosto de livros que recontem o início de tudo, do universo e tal. Depois de sua resenha, apesar de o filme não ser perfeito, pretendo dar uma chance a ele.