quarta-feira, 12 de agosto de 2015

#Resenha: Os Três Mosqueteiros - Alexandre Dumas (adaptado por Bruce Buchanan)

Os Três Mosqueteiros
Autor: Alexandre Dumas
Adaptação: Bruce Buchanan
Editora: Farol HQ
Número de páginas: 104

"O jovem D´Artagnan tem apenas uma ambição: ser um dos Mosqueteiros do Rei. Com esse sonho, ele chega a Paris. Monsieur de Tréville o torna membro da Guarda do Rei, e promete que, se ele provar seu valor, poderá tornar-se um Mosqueteiro no futuro. Em Paris, D´Artagnan se torna amigo de Athos, Porthos e Aramis, os Três Mosqueteiros, e também se apaixona pela bela Constance Bonancieux, empregada da Rainha Ana. Mas ele nem faz ideia de que em breve a Rainha estará em apuros com seu marido, o Rei Luís XIII, por causa de seu amante secreto. Com Constance implorando-lhe ajuda, e o Cardeal e seus homens a persegui-lo, D´Artagnan vai ser capaz de salvar a honra da Rainha? E ele conseguirá realizar o sonho de ser um dos Mosqueteiros?"

Compre: Saraiva | Submarino


Eu adoro ler HQs. Talvez não de forma tão assídua quanto algumas pessoas, que são verdadeiros apreciadores e colecionadores, mas de vez em quando, me divirto muito ao me sentar e devorar em uma tarde uma história cuidadosamente ilustrada.
Principalmente quando ela traz um clássico e que há tanto tempo quero ler. É o que acontece com os livros do Alexandre Dumas. Os Três Mosqueteiros é um dos clássicos que há muito tempo desejo conferir, especialmente depois de ter me deparado com algumas adaptações cinematográficas e para a TV também.

Minha decisão de começar pela HQ e não pelo livro em si foi puramente visual; quando soube que seria lançada pela editora Farol, fiquei encantada com a delicadeza e simplicidade dos traços. A leitura é fluida e bem rápida, indicada principalmente para o público mais jovem. Penso que a escrita de Dumas seja muito mais intensa e sombria, mas nesta edição temos o que acredito ser apenas algumas aventuras de Athos, Porthos, Aramis e D'Artagnan em uma versão prática e bem dinâmica.

Das versões que já tive a oportunidade de conferir, as várias maneiras como D'Artagnan encontra-se com os três mosqueteiros e como, eventualmente, eles vão se aproximando é sempre muito divertido. Adoro imergir na França de Luís XIII e sua esposa, a rainha Ana; o cardeal Richelieu e as intrigas monárquicas que sempre colocam os mosqueteiros na linha de ação para defender o seu país.

Um ponto que sempre chama muito a minha atenção em edições ilustradas são as expressões atribuídas aos personagens em determinados momentos. Para mim, deixa a leitura ainda mais divertida. E nessa edição super caprichada da Farol não poderia ter sido diferente. Deixou um gostinho de quero mais, uma grande admiração e curiosidade pelo trabalho integral de Alexandre Dumas, o qual não devo mais demorar tanto a conferir plenamente.

Leitura altamente indicada a leitores de todas as idades, sejam jovens ou adultos, a leitura é válida e garantia de um ótimo passatempo. Especialmente para aqueles dias em que precisamos de uma história que seja fácil e ainda agregue o elemento visual na experiência.


Nota:



8 comentários:

Desbravadores de Livros disse...

Olá, Vê.
Eu adoro HQs e também adoro Os Três Mosqueteiros. Então, acredito que essa obra tenha a combinação perfeita para mim.
Também quero essa edição, pois ela parece ser bonita e excelente.
Também adoro os livros que se passam na França. Sempre geram bons enredos.

ludmila cabral disse...

nunca li uma HQ.. gosto de os tres mosqueteiros, e acho que ficaria legal se começasse por essa!

tonsdeleitura.blogspot.com

RUDYNALVA SOARES disse...

Vê!
Já li o original porque gosto demais da história e já assisti vários filmes também, porém não sabia que tinha o HQ e agora fiquei curiosa para poder apreciar a leitura, principalmente por causa das ilustrações.

Desejo uma ótima
semana, cheia de luz e paz!

“A alegria evita mil
males e prolonga a vida.”(William Shakespeare)

cheirinhos

Rudy

http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

Participem do nosso Top Comentarista!

Rebecca Martins disse...

Oi Vê!
Eu concordo plenamente com você, também não sou um super fã igual os colecionadores, mas me divirto bastante e às vezes é muito bom pegar um Hq pra descansar a mente.
Eu ainda não conhecia o autor mas fiquei bastante curiosa a respeito. E eu também gosto bastante quando demonstram as expressões dos personagens, porque, acho, que nos passam mais sobre o que estão sentindo!!
Beijos!!
umlugarparaleresonhar.blogspot.com

Ycaro Brito disse...

Confesso que , de inicio, não me interessei pelo livro Os Três Mosqueteiros. Talvez, por sua capa antiga, haha. Mas, com sua resenha e classificação pude perceber que estava errado. Eu gostei bastante da estória proposta pelo livro, até porque nunca fui a fundo nessa história dos mosqueteiros.

nathalia silva disse...

Oiii Vê, confesso que não leio livros em HQs mais eu gostaria de ter esse livro por um motivo, as iluatrações. Acho que seria ótimo pra mim mostrar a minha sobrinha. Sem falar que era uma ótima forma pra ela já ir conhecendo essa grande história. :)

bju

mirian kelly disse...

Eu sou xonada por HQs mesmo estando sem ler alguns por algum tempo. Já assisti uma adaptação dos Três Mosqueteiros mais não sabia que existia um HQ da historia.

Vitor Lacerda Siqueira disse...

Eu nunca li nada sobre Os três Mosqueteiros até hoje! Apenas outros livros, que os citam. Minha última leitura foi A namorada do meu amigo, da Graciela Mayrink. Até então nunca tive a curiosidade de ler nada sobre eles.