domingo, 10 de janeiro de 2016

#Resenha: A Droga da Obediência - Pedro Bandeira

A Droga da Obediência (Os Karas #01)
Autor: Pedro Bandeira
Editora: Moderna
Número de páginas: 192


"Num clima de muito mistério e suspense, cinco estudantes - os Karas - enfrentam uma macabra trama internacional: o sinistro Doutor Q.I. pretende subjugar a humanidade aos seus desígnios, aplicando na juventude uma perigosa droga! E essa droga já está sendo experimentada em alunos dos melhores colégios de São Paulo."

Compre: Saraiva | Submarino

Conheci o Pedro Bandeira em 2014, no meio daquela maratona de diversos eventos literários que estavam acontecendo em Campinas. A princípio, minha ideia era comprar apenas o primeiro livro da série Os Karas, que estava ganhando uma repaginada, com novas capas; no máximo, ter dois exemplares para que ele pudesse autografar.
As pessoas falavam muito bem dele e de como seus livros haviam feito parte de suas infâncias como leitores ou de como seus livros os haviam feito gostar de ler. Nesse momento, cheguei até a me sentir culpada por nunca ter ouvido falar em Os Karas, nem saber o que a série tinha de tão interessante assim para encantar gerações... Até que ouvi o próprio Pedro falar.
Já um senhor, sua paixão pela leitura e escrita eram notáveis em cada uma de suas palavras no nosso bate-papo na Livraria Cultura. A forma como falava do incentivo à leitura, dos seus livros e do processo de escrita, bem como a reação das pessoas que estavam lá, especialmente algumas bem mais velhas do que eu e que eram muito gratas a ele e seus livros, me fizeram repensar no que eu poderia estar perdendo.
Então eu não só corri ler A Droga da Obediência no dia seguinte ao autógrafo caprichado dele, como também acabei com a coleção inteira em mãos. Todinha autografada.
A leitura me lembrou um pouco um dos meus livros favoritos: O Super Tênis e o livro fluiu rapidamente em suas pouco menos de 200 páginas. Ambientado em uma escola de São Paulo, o cenário não poderia ser mais próximo da realidade. Quatro amigos se autodenominavam Os Karas, cheios de códigos secretos, local específico para reuniões e comportamento sem levantar suspeitas. São eles: Miguel, Calú, Crânio e Magrí, a única menina do grupo. Neste primeiro livro, temos uma espécie de apresentação, sobre como Os Karas agiam e acabaram envolvendo-se nesse enredo digno de gente grande.

"Mais tarde teriam de encontrar outro esconderijo e despistar o garoto. Todo o esquema de segurança dos Karas teria de ser alterado, as rotinas revistas, os códigos secretos modificados. Droga! Ia ser uma mão de obra danada. Raio de moleque!"
(pág. 13)

Alguém parece estar realizando experiências com alunos de escolas de elite que, após desaparecerem, reaparecem um pouco...esquisitos. Mas isso não passa despercebido aos Karas e, juntos, eles tentarão desvendar quem está por trás desses sequestros e o que mais está guardado para os jovens em um plano maligno.
Repleto de aventura do começo ao fim, a sensação que tem-se ao ler A Droga da Obediência é de que o próprio Pedro Bandeira a está contando em voz alta, bem ao seu lado. Sua escrita é bem leve, divertida e muito descolada. A narrativa é bem acessível e a história se desenvolve sem enrolação, não dando nem tempo do leitor largar o livro para querer saber logo o que está acontecendo. Não me admira ter conquistado tantas pessoas, de todas as idades. A leitura é deliciosa!
As aventuras vividas por esses jovens para tentar descobrir quem está por trás dos experimentos que estão alterando radicalmente o comportamento dos colegas de escola é capaz de levar o leitor a acreditar que até mesmo ele poderia se deparar com uma oportunidade dessas de virar investigador, não importa a idade que tenha. Você volta a ter a idade desses cinco amigos.

"O garoto estava só, no meio de tanta gente. Só ele tinha consciência do que estava acontecendo."
(pág. 101)

Em meio a momentos de tensão, ação, união e planos secretos, Os Karas me ganharam completamente. Não só adorei o livro por ser uma leitura rápida e fácil, como também gostei bastante do enredo e do desfecho, com a promessa de muitas outras aventuras nas quais Miguel, Calú, Crânio, Magrí e, agora, Chumbinho protagonizariam juntos, unidos.
Se antes eu não sabia nem da existência dessa série, eu, agora, passo a indicá-la. Não tem como não gostar! Não é nada de enredo absurdo ou bobinho, restrito a uma faixa etária específica. Qualquer pessoa pode ler e se encantar o que, na minha opinião, reforça ainda mais a postura de Pedro Bandeira em querer expandir cada vez mais o incentivo à leitura. Ele está fazendo do jeito certo, começando com os próprios livros!
Mais do que indicado, A Droga da Obediência é o início de uma nova jornada onde você ficará morrendo de vontade de ser um Kara e, se ainda estiver na escola, quem sabe não o inspire a criar o próprio grupo secreto com seus amigos?

"Unidos, os Karas eram invencíveis."
(pág. 90)

Classificação final:


6 comentários:

Mariana Ogawa disse...

não se sinta mal, essas coisas acontecem...
eu sou uma das fãs de infância dessa série!
quando eu tava no colégio eu queria montar uma equipe para ser os Karas, mas ninguém queria participar =/
para vc ter noção eu tenho os livros da capa antiga ainda (só dois os outros eu li no colégio)
eu adoro essa série, ele já lançou a ed especial de 25 anos?

Daniel Olhos Água disse...

Haha, meu amigo já me convidou pra um clube dos Karas :D Pedro Bandeira foi um dos meus primeiros contatos com a literatura, com certeza é uma ótima indicação pra quem quer se aventurar nesse mundo literário. A leitura é muito gostosa! Adorei a resenha, abraços.
bookdan.blogspot.com

rudynalvacorreiasoares disse...

Vê!
Já vi vários comentários sobre a obra do autor mas não tive oportunidade de ler ainda...
Se é livro de aventura com um pouco de suspense, já me cativou.

“Geralmente aqueles que sabem pouco falam muito e aqueles que sabem
muito falam pouco.” (Jean-Jacques Rousseau)

cheirinhos

Rudy

http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

Participe do TOP COMENTARISTA de Janeiro, são 4 livros e 3 ganhadores!

Jéssica Maria disse...

Não conhecia o livro,infelizmente ,pois parece super legal ,sempre adorei infanto juvenil e essa capa ,está super legal .

Jéssica Aguida disse...

Nunca tinha ouvido falar do livro, nem do autor,mas fiquei bem interessada nele, assim que eu tiver a oportunidade quero lê-lo :D

suzana cariri disse...

Oi!
Tive que ler esse livro do Pedro Bandeira para a escola e realmente adorei essa historia os personagens e principalmente essa trama que não dava para desgrudar e quero muito ler os outros livros dessa serie !!