sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

#Indicação - Filme: Zootopia


Zootopia: Essa cidade é o bicho! (Zootopia) - 2016


Judy Hopps é a pequena coelha de uma fazenda isolada, filha de agricultores que plantam cenouras há décadas. Mas ela tem sonhos maiores: pretende se mudar para a cidade grande, Zootopia, onde todas as espécies de animais convivem em harmonia, na intenção de se tornar a primeira coelha policial. Judy enfrenta o preconceito e as manipulações dos outros animais, mas conta com a ajuda inesperada da raposa Nick Wilde, conhecida por sua malícia e suas infrações. A inesperada dupla se dedica à busca de um animal desaparecido, descobrindo uma conspiração que afeta toda a cidade.


Compre: Saraiva | Submarino

Post relacionado:


Eu não assisti Zootopia até que estivesse passando na TV a cabo. Na verdade, pouco me lembro de ter visto sobre ele, fosse em trailers ou, até mesmo, no cinema a ponto de esperar ansiosamente por essa animação da Disney. Então eu não sabia ao certo o que me aguardava quando me coloquei a assistir.


Judy Hopps é uma fofa coelha que, desde bem pequena, tem um grande sonho: tornar-se uma policial! Ela enfrenta muitas dificuldades para ser a primeira coelha a ocupar tal cargo em toda a história e parte para Zootopia, uma cidade onde os animais, segundo ela acredita, podem ser o que quiser.
Única de sua espécie, em seu primeiro dia Judy é designada a ser guarda de trânsito, uma função bem sem graça na polícia. Mas nada abala esta adorável coelhinha que, com seu jeito amável e sua enorme vontade de fazer o certo e deixar sua marca, vai levando como pode o seu novo cargo.
Até que ela resolve ajudar uma raposa e seu filhotinho, vítimas de preconceito em uma sorveteria de elefantes.


Rapidamente, o otimismo radiante de Judy se choca com a sinceridade quase grosseira de Nick Wilde, uma raposa trambiqueira. Inimigos naturais, eles trocam provocações até que ela precisa da ajuda dele para receber um caso de desaparecimento, que ela tem de resolver em 48 horas ou estará fora do seu sonho de ser uma policial e fazer a diferença.
Juntos, Judy e Nick seguirão escassas pistas, farão contatos improváveis e vão se meter em muita encrenca a fim de resolver este caso que pode ser ainda maior do que eles haviam imaginado de início. Tudo isso é permeado por questões bastante interessantes que recentemente vem permeando filmes dos estúdios Disney e que só demonstram o quanto é importante levantar esses questionamentos, mesmo entre os pequenos.

Zootopia é um filme que fala sobre preconceito. Sobre quebra de paradigmas. Sobre se esforçar para realizar seus sonhos. E sobre como animais podem ser incríveis alegorias de seres humanos. Eu fiquei realmente surpresa sobre como essa animação nos faz questionar se realmente estamos trabalhando para construir um mundo melhor, se realmente podemos ser o que queremos.
O otimismo de Judy e sua força de vontade para superar obstáculos e alcançar seu sonho de tornar-se policial nada mais é do que o reflexo de qualquer pessoa que, já quando criança, alimenta expectativas e depara-se com impedimentos. Mas, talvez ao contrário de muitas pessoas, Judy não se dá por vencida, tampouco se intimida com o que a aguarda pela frente e, passo a passo, vai se estabelecendo em um mundo que, aparentemente, não teria espaço para seu grandioso sonho... se ela não tentasse, é claro!


E, para dar o contrabalanço perfeito, temos Nick que é uma raposa, predadora dos coelhos e conhecida por ser um animal falso e traiçoeiro para tentar dar um chega pra lá na Judy e dizer "ei, não pode ser o que quiser". Ele não se esforça nem um pouquinho para de desvencilhar-se da imagem que a sociedade animal tem dele, aplica golpes e se safa deles com facilidade.
Judy está determinada a obter a sua relutante ajuda e, aos poucos, vai ensinando a ele sobre sua filosofia de vida; sua coragem e determinação dão um ótimo exemplo à raposa de que você pode, sim, ser dono do próprio destino e não é um rótulo que será capaz de minar todo o seu esforço.
Zootopia é aquela animação maravilhosa que você não consegue parar de assistir. O caso de desaparecimento se desdobra em algo grande e muito perigoso e, como num bom suspense, vamos investigando junto com Judy e Nick atrás da mente por trás disso tudo. Em seus caminhos temos tigres, ursos polares, ovelhas, doninhas, lontras e até mesmo um búfalo. Por mais que conheçamos a natureza de certos animais, esta história veio para nos mostrar que, se eles não podem ser resumidos a um rótulo que lhes damos, como nós poderemos ser restringidos a isso?


A animação é impecável e, como já mencionei por aqui antes, eu adoro assistir desenhos dublados! E a dublagem não deixa em nada a desejar! Na trilha sonora, temos Shakira cantando "Try Everything", a música-tema do filme e a letra é demais! Zootopia é uma enorme lição de que somos tão grandes quanto nossos sonhos e que nosso limite é a nossa coragem. Se nos resumirmos ao que os outros dizem sobre nós, então nós nunca seremos mais do que eles dizem mesmo.
Judy e Nick, coelha e raposa, juntos, ao contrário da ordem natural, para descobrir algo muito maior do que eles, para ajudar a salvar a sociedade dela mesma, de seus preconceitos e do medo, que incita atos impensáveis.
Assistam, não há como se decepcionar! É um enorme ensinamento para todos nós, não importa a idade. É uma grande proposta de reflexão pessoal e comunitária. É uma crítica sutil e inteligente aos preconceitos. É um alerta sobre o que o medo pode fazer. Absolutamente impressionante!

Classificação final:

Nenhum comentário: