sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

#Indicação - Série: Shadowhunters



Shadowhunters - Exibido nos EUA pelo canal Freeform (ABC Family) e disponível no Brasil pela Netflix.

Número de Temporadas: 2 (2ª em andamento).

Sobre o que fala?

Clary Fray é uma adolescente de 15 anos que, sem querer, presencia o acontecimento de um crime. Mas este não é um crime como outro qualquer: três adolescentes cobertos com tatuagens estranhas são os responsáveis pelo assassinato, executado com armas que Clary nunca viu antes. Antes de ela conseguir fazer alguma coisa, os três justiceiros se apresentam para ela: Jace, Alec e Isabelle são Caçadores de Sombras, responsáveis por proteger o mundo de vampiros, lobisomens e monstros que querem fazer o mal.


Posts relacionados:

Minhas convicções:

Depois de um filme cuja bilheteria não satisfez a produção, eis que o mundo dos Shadowhunters parecia perdido para sempre. Mas, o anúncio de que a história de seis livros de Cassandra Clare viraria série de TV acendeu uma chama de esperança nos fãs e eis que no ano passado estreou a tão esperada adaptação de Os Instrumentos Mortais, ficando com a primeira temporada completa disponível na Netflix.
Eu demorei um pouco para assistir porque não tinha a assinatura, mas, uma vez sanado esse obstáculo, maratonei os 13 episódios em apenas dois dias. Não precisei agonizar muito, pois, logo no dia 03 de janeiro, o primeiro episódio da segunda temporada já estava disponível no streaming. E, desde então, um novo episódio entra ao ar por semana.
Vou dizer que não gostei logo de cara. Para mim, os atores pareciam não se encaixar em seus papéis, tornando as atuações rasas e ruins. Não sei ao certo explicar por que não desisti da série logo depois do primeiro episódio, mas eu simplesmente não consegui parar. Embora eu ache a atuação de Katherine McNamara forçada demais como Clary Fray e sua voz, irritante, e não ache que o Dominic Sherwood seja o Jace que eu sempre visualizei, é impossível não se ver presa na trama uma vez mais.
Em se tratando de uma série de TV, tem-se mais espaço para explorar o enredo e eu posso dizer com certeza de que está sendo feito um bom trabalho, apesar dos atores.
Não me levem a mal, eles vão melhorando com o tempo (ou a gente que se acostuma, realmente ainda não consegui me decidir) e os personagens parecem entrar neles também. Eu não sou especialista no enredo porque só fui até o primeiro livro e isso já faz uns bons SEIS anos. Ou seja, não estou por cima em saber o que está sendo fiel e o que não está.
O importante é você manter a mente aberta, aos poucos, você vai deixando essa adaptação entrar. Eu gostei bastante do filme (embora muita gente não tenha gostado), então resisti o quanto pude para me simpatizar com esse seriado. Mas alguns dias atrás eu me deparei com o filme passando na TV e me dei conta de que o ator que faz o Alec na série era muito diferente (e mais bonito cof cof) e eu já havia identificado a atriz que faz a Izzy como a ideal (caramba, como a outra do filme era esquisita cof cof). Entretanto, ainda tenho algumas dificuldades quanto ao Dominic e à Katherine. Dom parece dar um toque excessivamente rude ao Jace, quando eu o imaginei mais metido e menos explosivo. Kat, por outro lado, ainda é um pouco irritante, mas a Clary também era, então talvez esta seja somente a sua versão da personagem.
Eu fiquei muito feliz com a retomada da história em uma nova adaptação e estou gostando muito dos episódios, realmente adotei esta série a ponto de acordar cedo em plenas férias só para poder assistir ao episódio assim que ele fica disponível! Também fiquei com enorme vontade de retomar a leitura dos outros volumes para me inteirar do que está acontecendo e se o enredo está se mantendo fiel à história criada por Cassandra Clare na medida do possível.
Por isso, se você é fã dos Caçadores de Sombras, tendo gostado ou não da adaptação para os cinemas, ou, até mesmo, se você está caindo de paraquedas nesse mundo, deem uma chance a Shadowhunters, porque é uma abordagem diferente do sobrenatural. Não está só limitada a vampiros e lobisomens, mas também a esses caçadores que tentam manter a paz entre os mundos e protegem a humanidade das ameaças que nem sempre eles podem ver.
Nem preciso dizer que Magnus Bane e Simon são as personificações que mais se assemelham ao que eu havia inicialmente imaginado e a série tem momentos engraçados e leves para contrabalancear os outros tantos sombrios e perigosos. Talvez seja questão de acompanhar o crescimento dessa equipe que, acreditem, melhora muito de uma temporada para a outra, e torcer para que fique cada vez melhor! Ela é mais do que indicada, principalmente se você estiver à procura do que assistir, especialmente buscando por uma adaptação de uma série de livros de muito sucesso e que também vale muito a leitura!

Onde?

Se você tem assinatura Netflix, pode conferir todos os episódios lançados até agora e maratonar de uma só vez! Se ainda não possui, lembre-se que o primeiro mês é grátis e você consegue assistir em, no máximo, três dias!
Novos episódios vão ao ar todas as segundas-feiras nos Estados Unidos e, a partir das seis horas da manhã de terça-feira, já estão disponíveis para nós, aqui no Brasil!

Nota:


Nenhum comentário: