#Resenha: Guia prático antimachismo - Ruth Manus

 

Falar sobre coisas que estão enraizadas na nossa sociedade há muito tempo se parece com mexer em um vespeiro. Quanto mais você agita, mais irritadas as pessoas ficam e o foco da conversa se dispersa em raiva e ignorância muito facilmente.
Por isso já começo essa resenha dizendo: você, independente da sua idade, deve pegar esse pequeno Guia Prático Antimachismo e passar nem duas horas lendo para saber mais sobre o assunto. Não importa se você já sabe, já identifica determinados comportamentos ou está trabalhando para mudar e mudar àqueles com quem convive. Conhecimento nunca é demais e Ruth Manus, nesse pequeno livro, fez algo muito interessante: ela deu o pontapé inicial para educar sobre o que é machismo, onde ele está, o que ele faz não só com as mulheres, mas com os homens também!
Sou muito fã da escrita da Ruth porque ela tem esse jeito leve, divertido e objetivo de trazer assuntos que normalmente a gente empurra pro lado por serem desconfortáveis. Ela aceitou o desafio e construiu esse manual para que pudéssemos direcionar a conversa sobre o machismo sem achismos, sem senso comum, sem "mimimi" (como todo mundo justifica tudo que incomoda hoje em dia). Ela bota o dedo na ferida, sim, ela exemplifica comportamentos machistas, sim e ainda traz perspectivas sobre como o machismo impacta a todos, todos os dias.

"Há quem diga que o 'politicamente correto' cerceia a liberdade de expressão. Isso não é verdade. A liberdade de expressão vai até o limite da lei. Depois de um certo ponto não há mais liberdade, pois você passa a ofender o direito alheio a respeito e dignidade." - p. 40

Ao longo da leitura também temos indicações de outros livros, filmes, séries, podcasts, ensaios e outras mídias que também abordam o machismo para que nós mesmos tenhamos autonomia para conhecer mais sobre o assunto. É claro que um pequeno livro não poderia esgotar todo esse problema que está concretado no mundo em que vivemos há tempo demais, mas sempre precisamos começar de algum lugar, certo?
O livro é muito rápido de ser lido, você consegue em apenas uma sentada e é uma apresentação humilde sobre o que é o machismo e conta com exemplos que muitos de nós já devem ter vivenciado no dia a dia. Esse tipo de identificação é importante para que a gente possa refletir e até mesmo identificar comportamentos machistas que às vezes podem passar despercebidos no modo como falamos, agimos e reagimos.
Não é algo para se orgulhar, mas uma leitura obrigatória para todo mundo. Se queremos um mundo mais justo e igualitário, não adianta esperar que os oprimidos e prejudicados se façam ouvir diante de muito esforço, também é preciso engrossarmos o coro e fazer a nossa parte. Sabe aquela história que, se organizar direitinho, todo mundo consegue? A luta contra o machismo é exatamente assim. Se organizar direitinho e cada um se educar, rever seus conceitos e comportamentos e praticar ser uma pessoa melhor, não aceitando mais comportamentos machistas alheios também, a gente chega na igualdade e no mundo sem machismo mais rápido do que se cada um continuar puxando a sardinha pro seu lado.

"Ninguém chega numa mesa de bar ou numa sala de reunião do escritório e pergunta: 'E então, galera, como anda funcionando o intestino de vocês?' Não se faz isso porque sabe-se que esse é um tema de foro íntimo. Então por que fazer isso em relação a um útero ou em relação a coisas psicologicamente tão complexas quanto casamento, separação e maternidade?" - p. 90

Se você estiver curioso sobre se deve ou não ler Guia prático antimachismo, sugiro começar por qualquer outro livro da Ruth Manus (tem mais resenhas dos livros dela aqui no blog). Principalmente se você for mulher, vai se identificar bastante com as histórias engraçadas, realistas e simples que ela compartilha em seus livros. Histórias que muitas de nós já viveu, nem que seja uma delas. O reconhecimento é imediato.
Dê uma chance e você vai se surpreender com o quanto o machismo está impregnado em todos nós. Se não começarmos agora, nunca vamos conquistar um mundo mais justo, seguro e pacífico.

Nota:

 

Guia prático antimachismo
Autora: Ruth Manus
Editora: Sextante
Número de páginas: 144
"Com seu estilo franco e certeiro, Ruth Manus mostra que expandir a conversa sobre o machismo, convidando para o papo as pessoas que ainda não têm familiaridade com o assunto, é mais do que necessário: é urgente.
Deixando claro que um livro contra o machismo não é um livro contra os homens, que não são só os homens que têm atitudes machistas e que reconhecer o próprio machismo – e lutar contra ele – é um ato de coragem, Ruth nos guia no caminho da conscientização e nos convida a mudar comportamentos, discursos e, em última instância, o próprio mundo.
Um livro curto, prático e aplicável, que não pretende esgotar o assunto, e sim atuar como introdução ao debate. Voltado não só para quem quer entender melhor os tempos que estamos vivendo, mas também para quem deseja contribuir ativamente para uma sociedade mais justa."

Compre: Amazon

0
Leia mais
#Resenha: O Fantástico Sr. Raposo - Roald Dahl

#Resenha: O Fantástico Sr. Raposo - Roald Dahl

  Vira e mexe me pego encantada por livros infantis, principalmente, quando se trata de um autor que já conheço e quero muito ler outras his...
#Indicação - Filme: RED - Crescer é uma Fera

#Indicação - Filme: RED - Crescer é uma Fera

  RED - Crescer é uma Fera (2022) Em Red: Crescer É uma Fera, quando uma adolescente fica muito nervosa, ela se transforma em um grande pand...
#Resenha: Um dia ainda vamos rir de tudo isso - Ruth Manus

#Resenha: Um dia ainda vamos rir de tudo isso - Ruth Manus

"Comecei a me perguntar em que momento da vida nós deixamos de ter tanto apreço pela simplicidade. Não me parece que tenha somente a ve...
#Indicação - Série: Lupin

#Indicação - Série: Lupin

  Lupin  - Disponível na Netflix Número de temporadas:  1 (2ª já está confirmada) Sobre o que fala? Inspirado pelas aventuras de Arsène Lup...
#Resenha: O Assassinato de Roger Ackroyd - Agatha Christie

#Resenha: O Assassinato de Roger Ackroyd - Agatha Christie

  " Seu nome, aparentemente, é mr. Porrott — um nome que transmite uma estranha sensação de irrealidade. A única coisa que sabemos sobr...
#Indicação - Filme: Encanto

#Indicação - Filme: Encanto

Encanto (2020) Encanto, da Walt Disney Animation Studios, conta a história dos Madrigal, uma família extraordinária que vive escondida nas m...