25/02/2022

#Resenha: Esperança - Lesley Pearse

 

Esperança (Hope)

Autora: Lesley Pearse

Editora: Arqueiro

Número de páginas: 560

Sinopse: "Inglaterra, 1836. O nascimento de Hope pode ser o prelúdio de um escândalo. Prova do adultério da aristocrata lady Harvey, a menina é entregue a uma das empregadas e cresce sem saber de sua verdadeira origem.

Porém, quando completa 14 anos e vai trabalhar na mansão dos Harveys, ela vê algo que não deveria e é forçada a fugir para os cortiços de Bristol, em meio à miséria e à doença.

Durante uma epidemia de cólera, a coragem e a gentileza de Hope provocam uma reviravolta em sua vida e ela se vê envolvida em uma guerra, cuidando dos doentes. Mas o destino parece ter outros planos para Hope, e logo a jovem precisará enfrentar os segredos por trás de seu nascimento.

Esperança é um romance impactante sobre uma mulher que, apesar de todos os empecilhos, mantém em seu coração o desejo de um dia encontrar a felicidade que tanto merece."

Compre: Amazon

Este livro foi cortesia da editora Arqueiro.


Apertem os cintos porque nós temos mais de 500 páginas de uma história permeada por muita dor, sofrimento, dificuldades, mas também perseverança, bondade e esperança! Esperança foi meu primeiro contato com a escritora Lesley Pearse embora eu já tenha outros livros dela na estante. Ao contrário dos romances de época a que estou acostumada, esse romance histórico foi incrível de acompanhar.

Se você não sabe, um romance pode ser considerado histórico quando ele tem como pano de fundo fatos que realmente aconteceram e se desdobraram nos locais onde a história se desenvolve embora, é claro, seus personagens sejam fictícios. E a Guerra da Crimeia é o grande acontecimento histórico de Esperança junto com uma epidemia de cólera, muito comum nos livros históricos, afinal, as condições sanitárias eram pra lá de precárias, especialmente nas camadas mais pobres da sociedade.

No meio de tudo isso está Hope, que dá nome ao livro (ainda bem que não traduziram o nome dela para combinar), nascida da relação adúltera de sua mãe, ela é entregue as cuidados de uma criada de confiança. Mas como se o destino troçasse dela, aos 14 anos ela está de volta como uma serviçal para a família da qual, tecnicamente, ela faz parte. Entretanto, ao presenciar uma situação comprometedora, Hope é obrigada a se mudar para a parte mais pobre da cidade e lá é pega bem no meio da epidemia de cólera.

Como seu próprio nome diz, a protagonista é de um coração imenso e se dispõe a cuidar dos doentes, assim como, posteriormente, dos feridos de guerra. Digamos que sua vida não é nem um pouco florida, sempre cercada de muito sofrimento, escolhas difíceis e uma rotina desgastante. O que me impressiona é a desenvoltura da personagem, pois, claro que nós torcemos por ela desde o começo! Desventurada e ainda assim mantendo sua essência tão boa, como não se encantar por Hope e torcer que todas as amarguras do livro, ao final, lhe traga o tão esperado (e merecido!) final feliz!

Lesley Pearse aborda muitos assuntos importantíssimos e igualmente tabus para a época como a pobreza, o machismo, a violência doméstica, a traição, os horrores da guerra e as práticas sanitárias limitantes que determinavam o destino de seus pacientes antes mesmo que sua própria condição o fizesse, o que é bem angustiante de acompanhar.

E é claro temos a nossa protagonista, posta à prova em praticamente boa parte do livro e que, mesmo assim, tem muito a dar, um coração grandioso que se fortalece mesmo diante das mais desoladoras situações. A narrativa é feita sob vários pontos de vista o que é crucial para que outros personagens também tenham seu desenvolvimento e tornem o enredo ainda mais rico e dinâmico.

Com toda a certeza não li muitos romances históricos até hoje, mas Esperança é o tipo de leitura cativante que te faz procurar imediatamente por outros títulos do gênero e, mais importante ainda, outros títulos da própria autora, que entregou perfeitamente a história emocionante que se propôs contar!

Vá colocá-lo na sua lista de leitura imediatamente!


Nota:


Nenhum comentário

Postar um comentário

Deixe sua opinião, ela é muito importante para o blog! =D