26/02/2022

#Resenha: Irmãos de Sangue - Nora Roberts

 

Irmãos de Sangue (Blood Brothers) - A Sina dos Sete #07

Autora: Nora Roberts

Editora: Arqueiro

Número de páginas: 288

Sinopse: "A misteriosa Pedra Pagã sempre foi um local proibido na floresta Hawkins. Por isso mesmo, é o lugar ideal para três garotos de 10 anos acamparem escondidos e firmarem um pacto de irmandade. O que Caleb, Fox e Gage não imaginavam é que ganhariam poderes sobrenaturais e libertariam uma força demoníaca.

Desde então, a cada sete anos, a partir do sétimo dia do sétimo mês, acontecimentos estranhos ocorrem em Hawkins Hollow. No período de uma semana, famílias são destruídas e amigos se voltam uns contra os outros em meio a um inferno na Terra.

Vinte e um anos depois do pacto, a repórter Quinn Black chega à cidade para pesquisar sobre o estranho fenômeno e, com sua aguçada sensibilidade, logo sente o mal que vive ali. À medida que o tempo passa, Caleb e ela veem seus destinos se unirem por um desejo incontrolável enquanto percebem a agitação das trevas crescer com o potencial de destruir a cidade.

Em Irmãos de Sangue, Nora Roberts mostra uma nova faceta como escritora, dando início a uma trilogia arrebatadora em que o amor é a força necessária para vencer os sombrios obstáculos de um lugar dominado pelo mal."

Compre: Amazon


E estamos, mais uma vez, às voltas com Nora Roberts em mais uma trilogia sobrenatural. Dessa vez, Irmãos de Sangue inicia a série de três livros A Sina dos Sete que se passará em Hawkins Hollow. Já deixo avisado que, se você já leu a trilogia Primos O'Dwyer (você pode ler minha resenha do primeiro livro aqui), vai achar incrivelmente similares, embora neste os protagonistas não sejam parentes. Mas essa semelhança esmaeceu um pouco minha empolgação com a leitura, aquela sensação de "lá vamos nós de novo", embora não deixe de ser um enredo interessante.

Caleb, Fox e Gage são três meninos muito especiais. E não digo isso por causa de alguma bajulação de suas mães, mas o fato é que eles nasceram no mesmo dia, na mesma hora e no mesmo ano, o que transborda neles uma intensa conexão desde o começo, portanto, é claro que eles se tornam melhores amigos! Cabe ressaltar aqui que cada menino possui uma criação muito diferente, assim como o ambiente familiar é beeeem distinto, indo do mais profundo amor à violência doméstica. Então, eles também encontram um no outro um refúgio de confiança e irmandade já desde muito novos.

E é no seu aniversário de dez anos que eles têm a brilhante ideia idiota de fazer um pacto de sangue (!) no meio da floresta à meia-noite, isso sem que saibam onde eles estão...Ou seja, é, já deu pra perceber que só poderia dar muito ruim. E nesse pacto de sangue, por serem tão extraordinários, acabam libertando uma perigosíssima criatura demoníaca sem querer. É assim que a cidade passará a mergulhar no mais perfeito caos no intervalo de sete anos, no sétimo dia do sétimo mês e durante sete dias. Nesse curto porém tortuoso espaço de tempo, as coisas em Hawkins Hollow ficam completamente fora de controle e muito sombrias.

Crescendo tentando sobreviver a cada ciclo demoníaco, os meninos enfim se tornam jovens adultos e, aos 31 anos, recebem talvez o primeiro reforço para investigar e tentar compreender que força é aquela que volta as pessoas umas contra as outras: Quinn Black. Essa mulher tem uma veia investigativa aliada à sua profissão de repórter e está determinada a estudar sobre o mal que habita aquela cidade. Logo percebemos que ela formará par com Caleb e, juntos eles começarão a montar o quebra-cabeças sobre essa terrível maldição.

Irmãos de Sangue não foge muito à receita da Nora Roberts para um livro sobrenatural: um casal assume o protagonismo de cada volume, relacionamento se desenrola, muito amor, muita paixão, dificuldades ao enfrentar as forças das trevas e blablablá. Infelizmente se você já leu algum livro da Nora nesse sentido, vai encontrar muito pouca coisa nova em seus outros títulos e isso é por vezes desgastante.

Claro que ela tem todo um trabalho em construir essas entidades, estabelecer um histórico, escolher um cenário, desenvolver seus personagens, mas o combo principal e essencial está sempre lá. E ao final você já sabe o que vai acontecer: o mal não será derrotado (ainda) porque tem mais dois livros para acontecer. Rá!

Então minha sugestão é: não tenha muitas expectativas e talvez você aproveite mais a leitura.


Nota:


Nenhum comentário

Postar um comentário

Deixe sua opinião, ela é muito importante para o blog! =D